Discurso, não! Só ação concreta ajuda o Distrito Industrial

Com cerca de 30 anos, o Estado não foi capaz de pavimentar menos de um quilômetro de uma via poeirenta no verão (e enlameada no inverno). A situação da avenida Pedro Saccol é um escárnio na entrada do Distrito Industrial.
      Por que não se resolve aquele problema, aparentemente banal? Será que é porque naquele local se geram 900 empregos diretos e o dobro disso de indiretos? Ou por que as empresas ali instaladas deixam mais de R$ 58 milhões anuais em impostos, como declarou Odilo Marion, o presidente da recém criada entidade “Distrito Vivo”?
      O prefeito Valdeci Oliveira reiterou a vontade de municipalizar o DI. A Cãmara de Vereadores tem uma comissão que trata do DI. Uma audiência pública tratou do DI. Tudo isso é sinal de boa vontade. Será suficiente uma reunião com o governador, como a que se tenta agendar para a próxima semana? Sei não, sei não. Me parece muito discurso. Prefiro esperar por algo mais concreto.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *