Dias não letivos, campanha à reitoria, comunicação. Fala o Severino. De novo

Houve problemas na postagem da nota abaixo. Por isso, a republico aqui, com as correções. Desculpas a todos.
     
      Recebi, nesta terça-feira, e-mail do professor doutor Aguinaldo Medici Severino (http://www.ufsm.br/severino), do departamento de Física da UFSM. Ele trata da questão dos dias não letivos – mote de comentário meu na Rádio CDN e de uma resposta que aqui publiquei -, mas, sobretudo, avança sobre outras questões. Imagino que o conteúdo da correspondência eletrônica seja de interesse público e, por isso, e com a autorização do Severino, a reproduzo aqui, na íntegra. Ao final, a comento. Leia-a:
     
      Olá Claudemir, como vais?
      Cheguei ontem de viagem e acessei tua página para entender um tanto do que perdi na semana passada.
      O que dizer? A aritmética é simples. Haverá mais “feriados” até o final do ano. De qualquer forma, o engessamento do calendário não é, a meu juízo, o problema mais grave de gestão na UFSM. A tolice da primeira semana de aulas sempre ameaçada de ser perdida com os intoleráveis trotes e os lamentáveis dias em que a entrada do campus é quase fechada por conta de algum tipo de manifestação causam um prejuízo muito grande às atividades da UFSM.
      É isto. Espero que tua coluna e teus comentários na rádio (CDN) continuem instigando a comunidade universitária e santa-mariense a pensar mais, cousa rara nestes dias bicudos.
      Se é que posso me arvorar a pautar tua coluna, pergunto:
      (1) Você já parou para ler a página eletrônica da UFSM e verificar como ela é usada como palanque eleitoral? É risível mas também trágico, pois em nenhuma outra universidade do país a página eletrônica da universidade é utilizada para este fim.
      (2) Você chegou a ler o editorial do Estadão (jornal O Estado de São Paulo) da última sexta-feira,13.05, comentando uma publicação recente da FAPESP chamada “Indicadores de ciência e tecnologia”? Trata-se de uma ferramenta de análise da produtividade científica (em todas as áreas do conhecimento) fundamental para o entendimento da universidade brasileira hoje.
      Ele está lá no http://www.fapesp.br/indicadores/.
      Saudações, meu caro.
      Aguinaldo Severino

     
      COMENTÁRIO MEU: Quanto à questão dos dias letivos, acho que já cumpri minha parte, ainda que sem intenção de provocar tanto alvoroço – não nego.
      Em relação à campanha eleitoral, procurarei dar uma olhada no site da UFSM. Se houver isso de que o Severino fala, não há dúvida, temos um problema, penso eu, para a democracia interna da instituição. A propósito do mesmo tema, recebi cópia de e-mails trocados entre a Coordenação de Comunicação da UFSM e alguém chamado M.G.A.B (prefiro, por hora, manter o nome sem divulgação, porque não tenho comprovação da identidade real) em que essa questão é discutida em tom, digamos, áspero. Portanto, pode até não ser verdade, mas há quem (e não apenas o Severino) entenda que o problema existe e é grave. No mínimo, penso eu, e até para se preservar, a Reitoria deveria dar uma olhada no caso.
      Por fim, pretendo ver (e ler) o material da Fapesp. E o comentarei, se for o caso, caro Severino.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *