Valdeci cumprimenta Aldo. E nota de Lula poderia servir também para Nonô

Veja só a reação à vitória de Aldo Rebelo, do PC do B, a partir de duas lideranças bem diferentes.

Leia o que diz o prefeito de Santa Maria, o petista Valdeci Oliveira, através da nota divulgada por sua Assessoria de Comunicação:

O Prefeito de Santa Maria saudou a eleição do deputado Aldo Rebelo (PCdoB) à Presidência da Câmara dos Deputados, ocorrida na noite desta quarta (28). Rebelo disputou o pleito contra o deputado José Thomaz Nonô (PFL). Com o conhecimento de quem já trabalhou junto com o comunista na Comissão de Desenvolvimento Urbano do Legislativo Nacional, Valdeci prevê que o deputado deverá fazer um grande trabalho à frente do Legislativo Nacional em virtude da sua história política e da sua capacidade de diálogo.
“O Aldo tem trânsito no governo, na oposição, e em todas as bancadas do Congresso Nacional. Ele era a pessoa certa para assumir o cargo de presidente da Câmara neste momento que o país vive um momento de crise política.”, disse Valdeci. Na manhã desta quinta, o prefeito enviará um ofício ao presidente eleito da Câmara, parabenizando-o pela vitória na eleição. No ano passado, Valdeci realizou audiência com Rebelo, quando este ocupava o cargo de Ministro da Articulação Política.


Agora leia a nota divulgada pelo Palácio do Planalto, com a manifestação do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva:

“Quero cumprimentar o novo Presidente da Câmara dos Deputados, Aldo Rebelo, e reiterar o meu respeito pela decisão soberana dessa Casa. Estou seguro de que continuaremos a manter – Legislativo e Executivo – um diálogo independente, construtivo e respeitoso, sempre voltado ao legítimo interesse da sociedade e ao aperfeiçoamento das instituições democráticas brasileiras.
Brasília, 28 de setembro de 2005″


COMENTÁRIO MEU: Está certo. A palavra de Valdeci é de alguém que, afinal de contas, conviveu com o novo Presidente da Cãmara dos Deputados. Já a de Lula… Experimente, no texto do Presidente, trocar o nome de Rebelo pelo de José Thomás Nonô. O que aconteceu? Nadinha, nadica de nada. Passa a impressão, até, que já estava pronta, e poderia ser usada tanto com um quanto com outro. Dava na mesma. Afinal, é um poço de obviedades – afinal, fosse qual fosse o primeiro nome do Legislativo, o que se exigiria dos dois Presidentes de Poder era exatamente “um diálogo independente, construtivo e respeitoso”.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *