Arquivo

Centro de Eventos e Parque, ousadia e expectativa

Muita discussão ainda haverá em torno do projeto casado – Centro de Eventos e Parque Municipal – apresentado pela Prefeitura ao Conselho da Cidadania, na quinta-feira passada. Essa página pretende contribuir com isso, obviamente. E se alguém tiver uma posição (desde que mantida, obviamente, a civilidade), fique à vontade. Se utilize do espaço no lado direito, superior (“Contato”) e envie sua colaboração.

Para começar, tomamos a liberdade de reproduzir, aqui, o artigo publicado nesta segunda-feira, em seu espaço no Diário de Santa Maria, pelo jornalista Gilson Piber – que é um dos integrantes do Conselho.

Inicialmente contrário à idéia (pelo menos da localização), se não a revê, certamente Piber modifica substancialmente sua visão a respeito, ao tomar contato direto com o projeto que incluiu também o Parque Municipal. E fica à espera, na verdade. Enfim, julgue você mesmo:

“Ousadia e expectativa
Gilson Piber
O Centro de Eventos e o Parque Municipal são dois projetos ousados, lançados pela prefeitura de Santa Maria em parceria com a Câmara de Comércio, Indústria e Serviços (Cacism). São duas obras vistosas que juntas tem custo inicial calculado em R$ 11,5 milhões. Sigo em dúvida se o Centro Desportivo Municipal (CDM) é o melhor local para abrigar o Centro de Eventos, mas não posso bater o pé simplesmente nem admitir rever minha posição. O mesmo vale para a obra do Parque Municipal na Vila Nonoai. Há muitos interesses em jogo, mas a população santa-mariense merece os dois investimentos e deve ter total acesso aos locais, sem distinção de classe, raça, cor etc.
Correr atrás de recursos para viabilizar as duas obras, principalmente o Centro de Eventos, é a árdua missão do Executivo e de seus parceiros. Estabelecer prazos para início, execução e conclusão do centro e do parque é outro ponto importante. Na Câmara de Vereadores, considero que as duas propostas serão aprovadas, mesmo com discussões normais entre os parlamentares.
A expectativa do Centro de Eventos e do Parque Municipal está criada, e as obras devem ser consolidadas, sob pena de frustrar a comunidade local já tão carente de espaços para as atividades física, esportiva e cultural, o lazer e a recreação. Ao contrário de algumas pessoas, penso que o esporte é um segmento significativo e gera recursos para a cidade com os inúmeros eventos promovidos, além de elevar a busca incessante pela melhor qualidade de vida. Mais locais devem ser criados em todos os cantos da cidade, oferecendo a chance de os moradores usufruírem ou se apropriarem do que é seu, pois pagam impostos e merecem ser tratados como cidadãos.
O Parque da Barragem precisa ser visto com melhores olhos também, tendo a participação de técnicos que entendam do assunto. Afinal, se temos sete instituições de Ensino Superior na cidade, por que tais profissionais são ouvidos aquém das boas colaborações que poderiam oferecer? Os processos construídos coletivamente têm um grau de êxito maior, mesmo admitindo eventuais diferenças entre as partes envolvidas.
Santa Maria precisa crescer, evoluir, deixar o marasmo e gerar trabalho e renda. A crítica por apresentar idéias e projetos é normal e deve ser aceita com serenidade. Porém, a omissão é um pecado mortal e não contribui em nada com o nosso município. As lamentações devem ser substituídas pelo trabalho efetivo, a fé, a esperança, a solidariedade, a confiança e a luta diária por uma Santa Maria de e para todos. As soluções existem e devem ser buscadas.

ATENÇÃO


1) Tua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo