Arquivo

Vereadores são tudo, menos unidos. Há duas entidades em formação, no centro do Estado

Enquanto uns pensam, e discursam; outros discursam, e agem. Não se sabe muito bem com que objetivo. Quer um exemplo eloqüente? Que tal este:

Na quarta-feira, dia 7, em Santa Maria, vereadores representando os municípios de Jarí, Nova Palma, São Martinho da Serra, São Pedro do Sul, Toropi, Itaara, Faxinal do Soturno, Ivorá, Formigueiro e Restinga Seca, além de Santa Maria, fizeram mais uma de vááárias reuniões que começaram há algo como dois meses, mais ou menos. No encontro, realizado na Câmara de SM, discutiram vários assuntos que interessam a todas as comunidades nele representadas, colocando inclusive que a solução para a precariedade das estradas como BRs 348 e 158 e RS 149 estará entre as primeiras reivindicações de uma associação que reunirá os parlamentares municipais da região.

No mesmo encontro de Santa Maria foi formada uma Comissão Provisória, formada por edis de Jari, São Pedro do Sul, Itaara, Faxinal do Soturno, Nova Palma e Santa Maria. Esse grupo vai trabalhar para que, em março, no retorno das atividades parlamentares, seja elaborado o estatuto e escolhido o nome da associação.

Pois bem, enquanto isso, no sábado, dia 10, em Silveira Martins, aconteceu o I Fórum Legislativo Regional, promovido pela Câmara daquela cidade e pela de Nova Palma. Além dos anfitriões, também participaram edis de Pinhal Grande, Faxinal do Soturno, Ivorá, Restinga Seca, Agudo e São João do Polêsine. No evento silveirense, sem a presença de santa-marienses, aliás, segundo nota divulgada pela assessoria do Legislativo local, foi iniciada a discussão para a criação da Força Legislativa, pois os presentes ao encontro tiveram o entendimento de que “a união de esforços dos Legislativos certamente auxiliará todos os Poderes Executivos e a região, a obterem mais sucesso em seus pleitos.”

No mesmo encontro deste sábado, em Silveira Martins, decidiu-se, por sorteio, que a Restinga Seca vai sediar a próxima reunião, no dia 21, uma quarta-feira, a partir das 19h, na sede do Legislativo local. Nessa data, conforme a pauta, serão definidos o estatuto e a coordenação dessa nova entidade, a “Força Legislativa”.

COMENTÁRIO CLAUDEMIRIANO: Definitivamente, enquanto alguns imaginam começar em março, outros terão estatuto e diretoria antes mesmo do Natal. E já com o nome definido. O que dizer disso tudo? Simples: de um lado, há nítidas divisões no movimento dos parlamentares, ao ponto de alguns estarem numa e outros noutra entidade, e parte deles é mais ágil que a outra.
De outro lado, é evidente que essa desunião (ou alguém encontra outro termo?) pode tudo, menos ajudar os parlamentares (e as comunidades que eles representam) da região. E olha que aqui não há divisão partidária (há gente de todos os partidos nas duas entidades). Mais parece uma questão de ego que de espírito público. Ou não?

ATENÇÃO


1) Tua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo