Arquivo

Ufa! Novo site da Câmara vem aí. É o que se diz

O site da Câmara de Vereadores na internet foi mostrado ao distinto público em dezembro de 2005. Até agora, no entanto, não se tornou operacional. O que determinou esse atraso? E quais as conseqüências objetivas para o contribuinte – além do custo feito por um objeto inanimado?

Mais do que isso, quando começará a ser possível acessá-lo e de que forma a Câmara vai tornar possível a sua atualização? Quem fará isso? Muuuitas perguntas, convenhamos. E foram, algumas delas, respondidas ao repórter Thiago Buzatto, na notícia que o jornal A Razão está publicando nesta sexta-feira.

O fato é, porém, que aparentemente o problema técnico, se houve, será superado em poucos dias. Mas restam ainda algumas dúvidas para as quais não existem respostas convincentes. Confira:

”Atrasado, site da Câmara deve
estar disponível em alguns dias

Com mais de cinco meses de atraso, página da internet custou cerca de R$ 7,5 mil dos cofres do Legislativo

A nova página da Câmara de Vereadores foi a pauta, na tarde de ontem, da reunião realizada na presidência do Legislativo municipal. Encomendada junto a empresa santa-mariense Pactacom em setembro do ano passado, com custo de cerca de R$ 7,5 mil e com entrega prevista para 120 dias (janeiro), até hoje o novo site da Câmara não entrou em funcionamento, estrapolando o tempo em mais de 150 dias. De acordo com o vereador Júlio Brenner (Independente), que no ano passado era presidia o Legislativo, houve problemas com conteúdos.

“O site está pronto. Os conteúdos é que não estão”, revela Brenner. Segundo nota divulgada pela Assessoria de Imprensa da Câmara, falta apenas incluir no banco de dados do site as informações referentes às leis municipais, que está presente na atual página da casa (www.camara-sm.rs.gov.br).

Na reunião de ontem, que contou com a participação de vereadores, e com representantes da empresa e do CPD, ficou decidido que a Câmara firmará um aditivo ao contrato vigente com a empresa para realizar os reparos necessários, sem qualquer ônus para Casa. Júlio Brenner destaca que é importante que o site comece a funcionar logo não só para melhorar o serviço prestado a população, mas também para reduzir a sobrecarga sobre o CPD, responsável por todas as atualizações. Com a nova configuração de abastecimento, surge um novo problema: quem, em cada setor será o encarregado de postar as informações.

O técnico de informática do Legislativo, Gilson Oliveira Porto, responsável pelas atualizações do atual site, defende que os funcionários de quadro fiquem com a responsabilidade, já que os cargos de confiança e os estagiários são empregados que não duram muito tempo na Casa. “Toda a renovação do site esbarra nos Recursos Humanos. Alguns setores só tem um funcionário do quadro, o restante são CC’s. E se esta pessoa estiver de licença, não terá quem poste. E se deixar para os CC’s fazerem, quando eles saírem ninguém mais saberá como fazer. Falta planejamento”, argumenta. Porto cita como exemplo a Direção Legislativa, que conta apenas com uma funcionária. E lembra também que as pessoas que ficarão com a responsabilidade tenham cursos de capacitação.

O ex-presidente da Casa garante, no entanto, que há essa preocupação por parte da Mesa Diretora. “Ainda estamos pensando como vamos fazer. Mas não vejo problema de que, além do funcionário de quadro, mais alguém do setor aprenda, para garantir que sempre seja postado”, afirma. “Os treinamentos…”


SE DESEJAR ler a íntegra da reportagem, pode fazê-lo acessando a página do jornal na internet, no endereço www.arazao.com.br, ou na versão impressa, nas bancas nas primeiras horas desta sexta-feira.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo