Eleições 2006. Só falta Alckmin e HH. Os outros já vieram buscar votos no centro do Estado

Lula, do PT, lotou a gare da Viação Férrea, na noite de sexta-feira. Antes, beeem antes, veio José Maria Eymael, do minúsculo PSDC. Cristovam Buarque, do PDT, também apareceu por aqui. É verdade que só dormiu na cidade, mas veio.

Dos candidatos a presidente, assim, dos relevantes pelo menos, embora promessas (li nos jornais algo a respeito), é pouco provável que por aqui apareça Geraldo Alckmin, do PSDB. Mas, reconheço, não é impossível. Mais complicada, porém, é uma eventual visita de Heloísa Helena, ex-PT e atual PSol, que, aliás, tem um grupo recente de fãs n cidade. E está feito. Quem veio veio, que não veio – fica a esperança de seus apoiadores, a menos de três semanas do pleito presidencial.

Já para o Governo do Estado, o quadro é bastante diferente. São pelo menos 140 mil votos (descontados nulos, brancos e abstenção), num chute muito aproximado, disponíveis só em Santa Maria. E quase 200 mil, contando os municípios próximos. Trata-se, convenhamos, de um atrativo irresistível.

Não é por outra razão que Olívio Dutra, que veio na sexta, com Lula, voltará, com Rossetto (concorrente ao Senado), no próximo sábado. Fará, aqui, um “comício regional”. Também não deve ser pelo belos olhos dos (e das) santa-marienses que Germano Rigotto já apareceu por aqui três vezes e ainda virá uma quarta, no próximo dia 23, a uma semana da eleição. E o candidato ao Senado, Pedro Simon, estará nesta segunda por aqui, visitando o reitor da UFSM, os dois bispos (como já fez Lula, a propósito), caminhando pelo Calçadão e almoçando com militantes. Tudo em pouco menos de quatro horas de agenda.

E até Yeda Crusius, que já havia aparecido uma vez, deu um jeito de retornar, ainda que rapidamente, na noite deste sábado – e talvez volte mais uma vez, em busca dos votos mais conservadores da região central, em tese à disposição dela e de Turra, do PP (atenção, atenção: isso, a questão do conservadorismo, não é informação, mas opinião claudemiriana – que ninguém se ofenda).

A propósito do poder de atração da região central, e dos últimos movimentos dos candidatos (à Presidência, ao Piratini e ao Senado), A Razão traz uma notícia na sua edição desta segunda-feira. Confira:

”Em busca dos votos dos da região Centro

O final de semana foi de intenso movimento de candidatos nas eleições majoritárias na região. Em Santa Maria, esteve na noite de sexta e na manhã de sábado o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o ex-governador e postulante ao Palácio Piratini Olívio Dutra (PT). Em São Pedro do Sul e Santiago, foi a vez de Yeda Crusius (PSDB) tentar mais alguns votos no “corpo-a-corpo.

Depois de comício sob intensa chuva na Gare para cerca de 5 mil pessoas, o presidente Lula pernoitou em Santa Maria, e na manhã de sábado, acompanhado de Olívio Dutra se encontrou com os bispos Dom Hélio Adelar Rubert e Dom Ivo Lorscheister.

Os bispos santa-marienses, inclusive, devem receber mais uma visita de políticos na manhã de hoje. Um encontro com Dom Ivo e Dom Hélio foi agendado pelo senador e candidato a reeleição, Pedro Simon (PMDB). Na rápida visita do peemedebista também está previsto encontro com o reitor da UFSM, Clóvis Lima, além de uma caminhada pelo calçadão. No sábado, a candidata tucana Yeda Crusius cumpriu roteiro em São Pedro do Sul, onde fez comício. Em seguida, seguiu rumo a Santiago, onde…”


SE DESEJAR ler a íntegra da reportagem, pode fazê-lo acessando a página do jornal na internet, no endereço www.arazao.com.br, ou na versão impressa, nas bancas nas primeiras horas desta segunda-feira.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *