Coluna Observatório. “Cumprido. E alargado”

Entra ano, sai ano e fica tudo sempre igual. Ou, quem sabe, o contrário: Acaba ano, inicia ano e o debate em torno da sucessão da Mesa da Câmara não muda de tom. Acordos existem para ser cumpridos – é o que manda a tradição gaúcha. Mas nada impede que sejam revogados – é o que regra as maneiras vigentes desde sempre no parlamento santa-mariense.

E o interessante é que, o que seria estranho em circunstâncias normais, a fofocaiada começa até mesmo antes de uma direção tomar posse. Exemplo recente: nem bem foi firmado o compromisso de oito edis em torno da eleição de Anita Costa Beber, no final de 2005, e já havia gente dizendo que o segundo a assumir, no caso Isaías Romero (foto), do PDT, não seria presidente.

Geeeenteeee! É, mais que teoria, a própria prática da conspiração. E isso “rolou” o ano inteirinho. E se intensifica o zum-zum-zum nesses dois meses e pouco finais de 2006.

Agora, a aposta claudemiriana. Pode parecer incrível, mas, pela primeira vez em muitos anos, a coluna joga que o acordo será, sim, cumprido. Mais que isso: será ampliado. Olha só o risco que o colunista corre. Vale um cafezinho num das muitas boas casas do ramo em Santa Maria.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *