Debate no SBT 2. Esquenta, mas não muito. Ainda não dá para fazer um cafezinho

Educação, Brasil no ranking dos países emergentes da revista britânica da The Economist, Privatização, Saúde. Temas que proporcionaram algumas refregas entre Lula e Alckmin. Nada de extraordinário, é preciso convir. Esquentou, mas não o suficiente para, por exemplo, fazer um bom café.

A realidade é que o candidato tucano, devidamente alertado por seus marqueteiros, não levanta a voz. Tenta ser agressivo, mas descobriu (olha a pesquisa aí) que isso apenas transformará seu adversário em vítima. Tenta dosar o tom, para atingir – mas não ser atingido.

Enquanto isso, Lula está naquela posição de quem sabe que está 20% à frente do oponente e só precisa fazer manutenção. Nada de rusgas desnecessárias. Não precisa nem se defender. Basta apenas, para usar uma linguagem futebolística, “reter a bola”. Nada mais.

No terceiro bloco, com mais perguntas entre os candidatos, saberemos se haverá ou não alguma mudança. Pressinto que não. Mas…



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *