Arquivo

Coluna Observatório. “Paulo Pimenta também se manifesta sobre questão do governo”

Pimenta: “não me
passa pela cabeça
impor qualquer coisa”


Igualmente sobre o que publicou Observatório, na semana passada, a coluna recebeu correspondência do deputado federal petista, Paulo Pimenta. Eis o conteúdo, na íntegra:

“Sempre mantive e continuo mantendo, com o companheiro de partido, Valdeci Oliveira, prefeito de Santa Maria, uma relação de amizade e respeito. Isso sempre possibilitou que resolvêssemos quaisquer dúvidas ou diferenças através do diálogo. Dessa forma, uma afirmativa como a de que os secretários “A”, “B” ou “C” serão “demitidos” por minha “imposição” deslustra a postura política de ambos, ou seja, nenhum de nós em qualquer momento impôs qualquer coisa ao outro;
Tenho o maior apreço por todos os secretários que compõem o governo da Frente Popular em Santa Maria, independente de suas origens. Portanto, pedir a demissão de qualquer um deles de forma gratuita seria um desrespeito, o que efetivamente não combina com a minha postura histórica na política;
É público que o atual secretariado foi nomeado pelo prefeito Valdeci Oliveira a partir de uma costura política para a qual os partidos que compõem a base de apoio do governo, em especial o PT, deram “carta branca” ao prefeito reeleito para fazer as nomeações que ele considerava convenientes. Sendo assim, cabe exclusivamente ao chefe do Executivo avaliar o desempenho de cada um dos seus comandados e decidir sobre a permanência dos mesmos;
Afirmar que a nomeação de alguns dos atuais secretários (e que estariam por ser demitidos) teria por origem um acordo entre o prefeito Valdeci Oliveira e o deputado estadual José Haidar Farret, com a minha chancela, representa, se não um caso de má-fé, no mínimo de desconhecimento da política em nível municipal.
Por fim, quero considerar que defendo uma reestruturação e uma rearticulação do PT em Santa Maria. Dentre os motivos – já expostos publicamente – está o desempenho pífio em nossa cidade da Frente Popular, demonstrando que precisamos repensar nossa atuação partidária. Entretanto, isso de forma alguma significa que pretenda ser o dono da verdade ou mesmo do partido na cidade. É preciso, sim, que o PT volte a se reunir, quer seja com o movimento sindical, quer seja com os movimentos sociais, com o movimento comunitário e, principalmente, com os seus filiados. É fundamental reavivar o que está imobilizado. Contudo, reitero, não me passa pela cabeça impor qualquer coisa a alguém. Cada um de nós tem as suas responsabilidades. A minha, a de reeditar um bom mandato na Câmara Federal e, ao mesmo tempo, colaborar na condição de militante na revitalização do PT em Santa Maria e na região.”


EM TEMPO: apenas um ponto, na opinião da coluna, precisa ser esclarecido. Na verdade, quem fez a afirmação referida no primeiro parágrafo da carta de Pimenta não foi Observatório. Este apenas citou-a como um dos rumores oriundo das fileiras petistas e que, objetivamente, minam a administração. O que, de resto, não prejudica apenas o PT, senão que toda a comunidade.

De todo modo, este colunista considera-se feliz por ter exposto um problema que de fato existe no entorno do Executivo. E que precisa ser resolvido pelos petistas. Para o bem deles? Não, para que o governo possa seguir seu curso em sintonia com a sociedade. Que pode querer um monte de coisas, exceto uma: uma administração problematizada. Isso não interessa a ninguém. Nem ao PT, supõe-se.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo