Arquivo

Casa de Saúde. Novo adiamento joga reunião com Osmar Terra para a semana que vem

Primeiro, era ontem, quarta. Depois, por agendas do secretário de Saúde em outros municípios, ficou para amanhã, sexta. E, agora, o anunciado encontro entre lideranças santa-marienses, a começar pelo prefeito Valdeci Oliveira e pelo principal nome do novo governo na cidade, o vereador do PSDB Jorge Pozzobom, com Osmar Terra foi remarcado para a próxima terça-feira. O assunto? Claro, a situação pra lá de dramática da Casa de Saúde, o hospital criado pelos ferroviários.

Segundo informações divulgadas pela assessoria de imprensa da Prefeitura, no meio da tarde de ontem, “o Secretário solicitou a mudança de data porque garantiu que, após um prazo maior, poderá ter respostas mais concretas sobre o apoio do Estado à manutenção do hospital.” A pauta da reunião, de qualquer forma, é a mesma: a renovação do convênio mantenedor da Casa de Saúde e “a discussão de alternativas para o futuro do hospital”.

Não quero ser aqui um profeta do desastre, mas mantenho o palpite que dei, salvo engano, anteontem: dificilmente a solução virá a partir do governo do Estado, muito empenhado em corte de despesas. E que talvez pretenda uma solução, digamos, de mercado para o problema – desde que garantidos os atendimentos pelo Sistema Único de Saúde.

Em todo caso, antes mesmo de Osmar Terra, a prefeitura parece empenhada em uma saída a partir de Brasília. Conforme a assessoria do Executivo, o prefeito Valdeci Oliveira, que esteve na capital federal participando de audiência com o presidente Lula (leia nota imediatamente anterior) participou de reuniões na Chefia de Gabinete da Casa Civil, onde conversou com a assessoria direta da Ministra-Chefe, Dilma Roussef, e com o Ministro das Relações Institucionais, Tarso Genro.

Nos dois ministérios, o assunto foi a Casa de Saúde. Valdeci entregou documentação sobre a situação do hospital, “cuja manutenção dos serviços é considerada uma das prioridades para Santa Maria”. Valdeci considerou as duas reuniões positivas e passos importantes para o futuro do hospital.“Está sendo programada para breve uma reunião de trabalho com os ministros para discutir mais detalhadamente a questão da Casa de Saúde”, antecipa Valdeci, no relato da assessoria da Prefeitura.

Cá entre nós, e só entre nós: é muito lero-lero. E conversê. Apenas isso. Ao mesmo tempo, a Casa de Saúde se desmilingüe.

Artigos relacionados

ATENÇÃO


1) Tua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo