Arquivo

Terceiro escalão. PMDB anda brabo com Yeda. E formalizou isso, num caso bem específico

Parece evidente que o PMDB, um dos pilares da aliança que sustenta o governo de Yeda Crusius, não anda muito faceiro com a governadora. É, pelo menos, a minha impressão. Afinal, boa parte dos cargos, senão a maior, ainda não foi escolhida. Me refiro, especificamente, ao terceiro escalão. No segundo, logo abaixo do secretariado, está tudo praticamente resolvido – ressalvada a TVE, a TV estatal que ainda não tem comandante, embora esteja se especulando o nome de Luiz Fernando Moraes, que ocupou função de relevância na área de comunicação no governo de Antônio Britto.

 

Então, onde está a insatisfação? Um exemplo concreto está na área de Educação. Veja na “Sugestão de Leitura”, abaixo, uma das razões que baliza esta nota. Afinal, alguém acredita que o próprio secretário geral da sigla, no caso Eliseu Padilha, que é o bam-bam-bam peemedebista no que toca a discussão dos cargos, se disporia a assinar carta (e protocolá-la, inclusive) para Yeda Crusius tendo em mente apenas um coordenador regional de Educação? Pois é, foi o que aconteceu na 21ª CRE, em Três Passos.

 

E mais: na correspondência, Padilha lembra (e torna público de forma bem clara) que a distribuição de cargos se dará na proporção de 37,1% para o PSDB e 15,1% para o PMDB. Eu, se fosse você, não deixaria de ler: é francamente elucidativa a nota tornada pública pelo site do PMDB gaúcho na internet.

 

EM TEMPO: Eliseu Padilha, segundo informa o jornal A Razão desta quarta-feira, estará em Santa Maria na sexta-feira, falando aos peemedebistas. Imagino que um dos temas deva ser exatamente a questão dos Cargos Regionais. A conferir.

 

SUGESTÃO DE LEITURA –  leia aqui a nota “Cargos do PMDB deverão ser indicados pelo PMDB”, publicada na página do partido na internet.

 

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo