Arquivo

Coluna Observatório. “O almoço foi leve. Já a conversa…”

Schirmer banca o papo.

E o almoço que queria

pacificar o PMDB/SM

 

 

Salada, muuuuita salada. E peixe, bastante peixe. Para beber, refrigerante e água mineral – sem gás. Assim foi o almoço acontecido em Porto Alegre, na quarta-feira, e que pode estar encaminhando um acordo entre as facções em que se divide o PMDB de Santa Maria.

 

Por uma, para quem acredita, coincidência, estavam ao mesmo tempo na capital gaúcha o deputado federal Cezar Schirmer (vindo de Montevidéu, onde foi empossado na comissão de Economia do Parlamento do Mercosul), o presidente interino Renato Nicoloso, o advogado Robson Zinn, o vereador Cláudio Rosa.

 

O quarteto aproveitou a situação cronológica criada e se reuniu para um rega-bofe com poucas testemunhas, ao fim do qual se tentaria alcançar algum tipo de acordo capaz de por fim à cizânia no peemedebismo da boca do monte. Zinn e Nicoloso são os pretendentes à presidência da sigla. Este último mais ouviu que falou. Coube a seu mentor, Schirmer, usar (e bem) todo o seu talento verbal.

 

Resultado? Para que o desafiante arrefeça na sua intenção de disputar o pleito, lhe foi oferecida participação na Executiva. Inclusive a estratégica Secretaria Geral. Presença numérica compatível com sua (e de Cláudio Rosa) possível força estaria garantida no Diretório Municipal. E se faria a paz. Com a unção à presidência de Renato Nicoloso, da absoluta confiança do deputado e virtual candidato a prefeito, Cezar Schirmer

 

A resposta ainda não é conhecida. Mas há chances reais de um acordo – que tem que passar, também, pela Juventude do partido, defensora da eleição direta para a presidência peemedebista na boca do monte. Este é o tema principal, talvez único, de reunião do Diretório Municipal, prevista para os próximos dias.

 

 

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo