Arquivo

Crítica. Bruno Lima Rocha, estabilidade democrática, cegueira midiática. Ah, e Miriam Leitão

“…Voltando ao Continente, nesta bela manhã de 3ª, com o sol radiando sobre os Morros da Aparecida e Santana, na divisa do Porto dos Casais com a Vila Setembrina, uns poucos compreenderam a dose de horror que a América Latina, tal e como ela é; causa sobre a identidade político-econômica de Míriam Leitão. Os eventos de Sucre eram previsíveis e o “arranjo democrático” de Punto Fijo na Venezuela era uma piada de horror…chuva de petróleo regado a champagne e uma sociedade de usos e costumes onde 20% tinham renda com padrões nababescos, indo passar o fim de semana em Miami, mientras tanto, la cholada quedaba comiendo caca y viviendo por suerte….

 

Bastava com ler o Latino-Barómetro, ainda nos dados de 1995 para notar a fragilidad da democracia neo-neo em terras de Bolívar, Miranda, Abreu e Lima e cia. Como os novos cães de guarda só lêem aquilo que lhes agrada, e muito, abunda a cegueira “analítica”. Não foi falta de aviso…”

 

Os parágrafos acima são parte do artigo “A estabilidade democrática e a cegueira midiática”, do jornalista e cientista político Bruno Lima Rocha, colaborador semanal deste site, onde faz reflexões sobre a mídia. Para ler a íntegra, basta ir ao lado, na caixa de Artigos. Ele foi postado há instantes. Confira!

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo