Arquivo

Observatório. “União do PDT, só por obra de São Romildo”

Uma posição conciliatória, assumida pelo novo presidente estadual do PDT, Romildo Bolzan Júnior, facilitaria um acordo entre os divididos militantes da sigla em Santa Maria.

 

Para que isso se torne realidade, no entanto, alguma coisa muito significativa deve acontecer – e não apenas a meia volta de alguns. Afinal, tanto se agrediram verbalmente (ou mais que isso, em pelo menos uma ocasião), que parece quase impossível ao cidadão comum a união em torno do que quer que seja.

 

Se, porém, por um milagre de “São Romildo”, essa hipótese se concretizar, será de fachada. Ou por conveniência – que, afinal, também é da política, como se sabe.

 

 

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo