Arquivo

Senado. No fundo, no fundo (e no raso também), nem a oposição quer mesmo questionar Dilma

A ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, atendendo convocação da Comissão de Infra-Estrutura, fala nesta quarta-feira no Senado. O pretexto é questioná-la sobre o Plano de Aceleração do Crescimento. No entanto, o que os senadores desejam, especialmente os da oposição, é tentar constranger a ministra com questões acerca do “dossiê” dos cartões corporativos. A propósito, confira o que escreve o jornalista Josias de Souza, da Folha de São Paulo. No final, mais um pequeno comentário meu. Acompanhe:

 

“Com a chapa do dossiê já fria, Dilma topa falar

 

Dilma Rousseff vai à comissão de Infra-Estrutura do Senado nesta quarta-feira (7). Foi convocada pela oposição, há cerca de um mês. Valendo-se do PAC como pretexto, os adversários do governo desejavam espremer a ministra sobre o dossiê anti-FHC.

 

Antes refratária à idéia de submeter-se a questionamentos estranhos ao PAC, a chefona da Casa Civil agora dá de ombros para o tema:

 

“Vou falar sobre o que me perguntarem. Obviamente, vou começar falando do PAC, porque é para isso que eu vou lá, mas aceito responder qualquer pergunta”, disse mãe Dilma, nesta segunda (5).

 

Recomenda-se ao Planalto que, por delicadeza, avise a Romero Jucá sobre a mudança de estratégia. O coitado, aferrado às atribulações próprias de um líder do governo, continua empunhando o escudo de proteção à ministra (ouça).

 

A essa altura, nem o PSDB de FHC parece tão interessado em esticar essa corda do dossiê. Pesquisas feitas por encomenda da legenda demonstram que, graças à superexposição, Dilma pulou de 2% ou 3% para cercanias mais elevadas: em torno de 10%. Quem esperava por uma guerra no Senado deve se preparar para um chá de comadres. Com muito açúcar. Ou adoçante, como prefere a ministra.”

 

 

PALPITE CLAUDEMIRIANO: Dilma Rousseff entrará forte para depor, como todos os analistas já estão atestando. E sairá ainda mais forte. Mas, como disse, é um palpite, apenas isso. E você, o que acha?

 

 

SUGESTÕES DE LEITURA – confira aqui, se desejar, outras notas publicadas pelo jornalista Josias de Souza, da Folha de São Paulo.

Leia também o artigo“Novela decadente, mas ainda relevante”, de Valdo Cruz, na Folha de São Paulo.

ATENÇÃO


1) Tua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo