Arquivo

Eleições 2010. Nomeação de um gestor para o PAC Social tem todo jeito de “plano B” para Dilma

Luiz Inácio Lula da Silva reuniu 16 ministros, na noite de anteontem, no Palácio do Planalto. Objetivo do encontro (foto de José Cruz, da Agência Brasil): discutir as ações (consideradas ainda insatisfatórias) do governo para a área social, reunidas num plano apelidado de “PAC Social”. Entre as decisões, a nomeação de um gestor para acompanhar os trabalhos na área.

 

Não sei, não, mas isso tudo, a par da vontade presidencial de dar um empurrão nos planos específicos para o social, pode ser também o pontapé inicial para o que seria chamado Plano B. Isto é, se Dilma Rousseff, que comanda o Plano de Aceleração do Crescimento (PAC) não emplacar como candidata à Presidência, por que não apostar no “pai” do PAC Social? Mmmmm… E quem seria ele? Muito provavelmente Patrus Ananias, se for o escolhido para a tarefa decidida por Lula.

 

A propósito especificamente dessa questão, confira o que escreve Josias de Souza, colunista da Folha de São Paulo, na página que ele assina na internet. A seguir:

 

“Lula planeja indicar um ‘pai’ para o PAC Social

 

Lula reuniu convocou à sua sala 16 ministros. Discutiu com eles o andamento dos programas sociais do governo. Concluiu-se que a coisa está mal parada.

 

Para assegurar o cumprimento das metas oficiais, o presidente manifestou no encontro o desejo de criar um comitê gestor para coordenar as ações sociais.

 

Coisa parecida com o que ocorre no Programa de Aceleração do Crescimento, cuja gerência foi confiada a “mãe” Dilma, a chefona da Casa Civil.

 

São dois os ministros cotados para assumir a condição de “pai” do PAC Social: Luiz Dulci (Secretaria-Geral da Presidência) e Patrus Ananias (Desenvolvimento Social).

 

Ambos são petistas. Os dois de Minas. Patrus, comandante do Bolsa Família, é uma das alternativas que o PT guarda em seu armazém de “postes” para 2010.

 

Compuseram a mesa de reuniões do Planalto, além dos ministros “sociais”, os comandantes de ministérios econômicos. Entre eles Guido Mantega (Fazenda).

 

Vários dos presentes queixaram-se de falta de dinheiro para manter em dia as metas traçadas pelo governo. O queixume coincide com o anúncio de um novo recorde na coleta do fisco.

 

Lula recomendou aos presentes parcimônia na criação de novos programas. Quer prioridade para a efetivação dos que já existem…”

 

 

SUGESTÕES DE LEITURA – confira aqui para ler a íntegra da nota “Lula planeja indicar um ‘pai’ para o PAC Social”, de Josias de Souza. E clique aqui , se desejar ler outras notas publicadas pelo jornalista da Folha de São Paulo.

Leia também a reportagem “Lula vai criar comitê gestor de ações do PAC na área social”, de Marcos Chagas, da Agência Brasil.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo