Arquivo

Incrível! Quanto mais produz, mais o Brasil necessita de petróleo. É o preço do crescimento

O título desta nota pode parecer pomposo. Talvez seja. Mas é o tal preço do progresso e, sobretudo, do crescimento da economia, experimentado pelo País nos últimos três anos. Quanto mais produz petróleo, por exemplo, com a anunciada autosuficiência, mais o país precisa dele, havendo inclusive um descompasso.

 

A notícia é boa, por um lado; mas terrível, por outro. Afinal, é preciso ampliar a produção, ou reduzir o crescimento – o que significa retrocesso sob a forma de recessão, em última instância. Sobre esse, digamos, desnível, O Estado de São Paulo publicou reportagem nesta segunda-feira, assinada por Nicola Pamplona. Confira:

 

“Consumo ameaça a auto-suficiência

 

Conquistada em abril de 2006, a auto-suficiência na produção de petróleo corre o risco de sucumbir ao crescimento do consumo de combustíveis no País. Segundo dados da Agência Nacional do Petróleo (ANP), o Brasil importou mais petróleo e derivados do que exportou nos quatro primeiros meses deste ano. O País nunca deixou de comprar óleos mais leves, mas o atual ritmo das importações já leva a área energética do governo a admitir que vai fechar o ano com déficit.

No último ano, o consumo de combustíveis cresceu 5,8%, mais que o dobro dos 2,4% projetados pela Petrobrás no ano da “independência”, segundo o discurso do presidente Luiz Inácio Lula da Silva na festa da conquista. Já houve meses, nos últimos dois anos, em que o País comprou mais do que vendeu. Mas a diferença se acentuou nos primeiros quatro meses de 2008.

O Brasil comprou, entre janeiro e abril, 22,5 milhões de barris de petróleo e derivados a mais do que vendeu, o que resulta num déficit médio de 185 mil barris por dia. Trata-se da primeira vez, nos últimos dois anos, que o déficit se estende por tanto tempo. Em 2006, o saldo ficou positivo em 57 mil barris por dia. Em 2007, caiu para 13 mil barris. Na época, o Brasil comprava apenas petróleo leve para produzir. No último ano, porém, a demanda do combustível cresceu 10%…”

 

SUGESTÃO DE LEITURA – confira aqui a íntegra da reportagem “Consumo ameaça a auto-suficiência”, de Nicola Pamplona, n’O Estado de São Paulo.

.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo