Arquivo

Senado. Tião Viana é deixado ao “Deus dará”. Tendência, se não desistir, é levar uma goleada

A coisa está feia para o candidato do PT à Presidência do Senado. O acreano Tião Viana, oficialmente o nome apoiado por Lula, na prática foi deixado de lado pelo Presidente da República, que afinal de contas tem no opositor, José Sarney, também um aliado.

 

Para piorar ainda mais as coisas, Viana, que contava com votos tucanos, ficou ao “Deus dará”, com a virtual liberação do PSDB por parte do presidenciável José Serra (na foto de José Cruz, da Agência Brasil). O governador paulista é, digamos, donatário de boa parte dos votos da bancada que, agora, poderão até votar no peemedebista do maranhão.

 

Resultado: o petista, a menos que algo extraordinário ocorra, pode levar uma goleada histórica. Isso, evidentemente, se não desistir. Quem conta mais desses bastidores é o jornalista Josias de Souza, da Folha de São Paulo. Acompanhe:

 

“Serra decide não intervir por Tião Viana no Senado

 

Rifado pelo Palácio do Planalto, Tião Viana, o candidato do PT à presidência do Senado, ficou nas mãos do PSDB. A cúpula do PT avalia que, sem os 13 votos da bancada de senadores tucanos, Tião deve ser batido pelo rival José Sarney (PMDB-AP).

 

Nos últimos dias, o petismo passou a assediar o governador José Serra (São Paulo), presidenciável do PSDB mais bem-posto nas pesquisas. O PT esperava que Serra, velho desafeto de Sarney, se animasse a arregaçar as mangas por Tião.

 

Em dois diálogos telefônicos com o próprio Tião Viana, Serra mostrou-se simpático à candidatura dele. Mas ficou nisso…”

 

 

SUGESTÃO DE LEITURA – confira aqui a íntegra da nota “Serra decide não intervir por Tião Viana no Senado”, de Josias de Souza. E clique aqui para ler outras análises e informações publicadas pelo jornalista da Folha de São Paulo.

 

ATENÇÃO


1) Tua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo