BOA IDÉIA. “Melhor idade” volta a 68, revive festivais e ainda ouve Expresso da Jovem Guarda

BOA IDÉIA. “Melhor idade” volta a 68, revive festivais e ainda ouve Expresso da Jovem Guarda - Expresso-da-Jovem-Guarda

Expresso da Jovem Guarda e o retorno à (boa) música dos “60”

Olha só a idéia, muito boa por sinal, do Expresso Medianeira, conforme o relato (com a foto) da assessoria de comunicação daquela empresa:

Expresso da Jovem Guarda encanta a Melhor Idade de Santa Maria

A Jovem Guarda foi um movimento surgido na segunda metade da década de 60, que mesclava música, comportamento e moda. Surgiu com um programa televisivo brasileiro exibido pela Rede Record , a partir de 1965. Os integrantes do movimento foram influenciados pelo Rock and Roll da década de 50 e 60, voltada para o público jovem.  

A maioria de seus participantes teve como inspiração o rock da década de 60, comandado por bandas como Beatles e Rolling Stones e entre os artistas do movimento destacaram-se Roberto Carlos, Erasmo Carlos, Wanderléa, Eduardo Araújo, Silvinha, Martinha, Renato e Seus Blue Caps, Golden Boys e The Fevers. 

Com o intuito de resgatar a história da Expresso Medianeira, empresa de transporte coletivo urbano de Santa Maria, e aliar a esse momento de resgate histórico com o melhor da música da época, fotos e saudosas lembranças, foi lançado em outubro de 2007 o Programa para a Melhor Idade, que recebe a cada mês um grupo da terceira idade das mais variadas localidades da cidade para conhecer o sistema de transporte urbano do coração do Rio Grande.

Na programação, que inicia com o transporte dos idosos num ônibus reformado do ano de 1968, os visitantes assistem a um case com fotos históricas, participam de uma visita nas dependências da empresa, fazem ginástica laboral com o acompanhamento dos profissionais de Educação Física e ao fim assistem ao Grupo Expresso da Jovem Guarda, de iniciativa de motoristas, cobradores e familiares dos colaboradores, que apresenta em aproximadamente 50 minutos o resgate de canções dos anos 50, 60 e 70, através do show especialmente formatado para os grupos.

Entre os principais sucessos estão “Quero Que Vá Tudo Pro Inferno”; “Festa de Arromba”; “Pare o Casamento”; “Garota Papo-Firme”; “Biquíni de Bolinha Amarelinha”; “Meu Bem”; “Eu Daria a Minha Vida”; “O Bom”; “Rua Augusta”; “Namoradinha de um Amigo Meu”; “Ternura”; “O Caderninho”; “Tijolinho”; “Feche os Olhos”; “A Festa do Bolinha”; “O Bom Rapaz” e “Menina Linda”.

O grupo também participa de atividades em escolas, instituições e eventos da cidade e região, sempre de forma gratuita, afim de proporcionar a cultura e entretenimento a todas as comunidades de Santa Maria. No dia 28 de agosto o grupo reinicia suas atividades, com a apresentação para o Grupo da 3ª Idade da Escola Marista Santa Marta.”



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *