Câmara de VereadoresSanta Maria

VEREADORES. Suplentes se mobilizam, vão à Câmara e até fazem consulta à Justiça

Um quarteto de suplentes se reuniu ontem, na Câmara. E hoje vai ao Presidente
Um quarteto de suplentes se reuniu ontem, na Câmara. E hoje vai ao Presidente

O primeiro movimento foi feito ainda na última quinta-feira. O peemedebista Isaias Romero fez uma consulta – até o momento não respondida – à Justiça Eleitoral. Ontem, como noticiei AQUI, um grupo de quatro outros suplentes esteve no Legislativo. Conversaram, no gabinete de Cláudio Rosa, que no momento está no exercício do cargo (pela licença de Tubias Calil, secretário de governo), acerca dos desdobramentos da PEC que restitituiu o número de 21 vagas para o parlamento santa-mariense.

Além de Rosa, participaram do trololó os petistas Vilmar Galvão e Loreni Maciel e também a peemedebista Marta Zanella. Dos potenciais ocupantes das vagas criadas, não participaram, até agora, de nenhum movimento (até onde vai o conhecimento deste nem sempre humilde repórter) o tucano Nilton Martins e Osvaldo Severo, do PSB. Mas, certamente, logo se integrarão ao grupo.

Nesta terça, inclusive, é possível que todos estejam juntos num encontro com o presidente do Legislativo, João Carlos Maciel. Na presença, como ontem, do procurador Robson Zinn. A tendência, pelo que pude apurar, é que se espere uma manifestação oficial da Justiça – inclusive porque já há municípios que estão empossando edis, por força da PEC promulgada faz uma semana.

INTERPRETAÇÃO CLAUDEMIRIANA: não é uma decisão fácil. Há um entendimento (e, para não ficar em cima do muro, este repórter concorda com ele) de que a PEC tem vigência imediata. Sua eventual suspensão até pode ocorrer, mas não por entrevista de ministro do Supremo ou do TSE. Tem que haver uma decisão sobre fato concreto. E ela só poderá ocorrer, contra ou a favor, se uma dessas instâncias for provocada. Mas, repito, há quem pense diferente. É da democracia. Só que a Câmara terá que se pronunciar, de todo modo. O que fará? Nããão sei!

 

 

 

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

2 Comentários

  1. Ë, isso que a crise mundial não foi tão dura assim aqui no Brasil!!
    Coisa feia tudo isso. Espero que assumindo esses novos vereadores possamos melhorar nossa cidade, não somente a conta bancária deles!!
    Eu sou um otimista, eu sei!!!

  2. Mas bah Claudemir!!!
    Não sei se você sabe ou se a TV gravou,(ela estava lá) mas hoje na CV até bate boca aconteceu entre o IR e o JCM.
    Um show de como não proceder….assim!!!
    Um abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo