EconomiaTrabalho

AVANÇANDO. Há quase um ano nível de desemprego não era tão baixo. Sim, no Brasil

Carteira Profissional assinada: sonho complicado. Mas já foi beeem mais
Carteira Profissional assinada: sonho complicado. Mas já foi beeem mais

Ok, ok, ok. Lula fica louco de faceiro. Dilma solta foguetes. É verdade. O sinal é positivo para ele, que quer elegê-la, e para ela, que pretende ser a eleita Presidente da República. Mas, que diabo, a notícia não é simplesmente eleitoreira. Ela é boa para a sociedade, que convive, neste momento, com um índice de desemprego relativamente baixo. Pelo menos o mais baixo desde dezembro do ano passado, quando a marolinha estava começando.

Os dados, consolidados, estão na pesquisa mensal divulgada nesta quinta-feira pelo IBGE. Os números são relativos a setembro e se referem a meia dúzia de regiões metropolitanas, exatamente as mais sensíveis a esse tipo de problema social. Mais informações você encontra na reportagem publicada pela versão online d’O Estado de São Paulo. O texto é de Jacqueline Farid. Confira:

Desemprego cai para 7,7% e tem menor nível desde dezembro

A taxa de desemprego apurada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nas seis principais regiões metropolitanas do País caiu para 7,7% em setembro, ante 8,1% em agosto, atingindo o menor patamar desde dezembro (quando a taxa ficou em 6,8%). O resultado veio abaixo das estimativas dos analistas ouvidos pela Agência Estado, que iam de 7,8% a 8,2%, com mediana de 8%.

O IBGE informou ainda que o rendimento médio real dos trabalhadores subiu 0,6% na comparação mensal e 1,9% frente a setembro do ano passado, para R$ 1.346,70…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.

SUGESTÃO ADICIONAL – confira também a REPORTAGEM Desemprego atinge menor nível desde dezembro de 2008, revela IBGE”, de Thaís Leitão, da Agência Brasil.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo