CulturaHistória

DICA. “Cultura na Sedufsm” traz imperdível debate sobre a Guerra Civil Espanhola

sedufsmQue o “Cultura na Sedufsm”, na opinião deste (nem sempre) humilde repórter é um dos eventos permanentes mais importantes (e eventualmente instigantes) de Santa Maria, o leitor habitual do sítio já sabe. Mas a edição deste mês, que acontece nesta segunda-feira, simplesmente excedeu. Principalmente para quem gosta da história (e também de pintura, de literatura, de teatro) é simplesmente imperdível o debate que tem como centro os 70 anos da Guerra Civil Espanhola. Mais detalhes você encontra no material distribuído pela assessoria de imprensa da entidade, em texto assinado por Fritz Nunes. Acompanhe:

 “Cultura na SEDUFSM debate 70 anos da Guerra Civil Espanhola

A Seção Sindical dos Docentes da UFSM (SEDUFSM) retoma seu projeto cultural nesta segunda, 5 de outubro. O Cultura na SEDUFSM terá como tema os “70 anos da Guerra Civil Espanhola”. A atividade, que inicia às 19h e acontece no auditório do sindicato docente, terá como palestrantes o professor Gerson Wasen Fraga, do curso de História da Faculdade Montserrat, de Caxias do Sul (RS) e Luciana Ferrari Montemezzzo, do curso de Letras da UFSM. A coordenação do evento ficará a cargo do professor do curso de Comunicação Social da UFSM, Rondon de Castro, que também é diretor da SEDUFSM.

Paralelamente ao debate haverá uma exposição de infogravuras sobre Federico Garcia Lorca, poeta e dramaturgo espanhol morto durante a ditadura do general Francisco Franco. O autor do trabalho do professor João Luiz Roth, do curso de Comunicação Social da UFSM. O Cultura na SEDUFSM, projeto cultural que já completou quatro anos, e que tem sempre entrada franca, vai ser retomado após um intervalo de três meses devido às recomendações e cuidados com a gripe A.

BREVE HISTÓRICO – A Guerra Civil Espanhola (1936-39) foi o acontecimento mais traumático que ocorreu antes da 2ª Guerra Mundial. Nela estiveram presentes todos os elementos militares e ideológicos que marcaram o século XX. De um lado se posicionaram as forças do nacionalismo e do fascismo, aliadas as classes e instituições tradicionais da Espanha (O Exército, a Igreja e o Latifúndio) e do outro a Frente Popular que formava o Governo Republicano, representando os sindicatos, os partidos de esquerda e os partidários da democracia.”

SUGESTÃO ADICIONAL – confira aqui, se desejar, outras informações oriundas da assessoria de imprensa da Seção Sindical dos Docentes da UFSM.

 

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo