PartidosPolíticaPrefeituraSanta Maria

E SE ELE FICAR?! Movimentam-se os lobistas para bancar o substituto de Busatto

Busatto e Schirmer: uma decisão a ser tomada em conjunto pelos cézares
Busatto e Schirmer: uma decisão a ser tomada em conjunto pelos cézares

Escreveu sábado, na coluna APARTE, do Diário de Santa Maria, a colega Jaqueline Silveira: “…o secretário de Desenvolvimento Econômico, Inovação e Projetos Estratégicos, Cezar Busatto (PPS), ficará em Santa Maria pelo menos até 14 de novembro, data em que tem compromisso agendado de sua pasta. Ele deverá ir embora até o final do ano”

Publiquei também sábado, na coluna OBSERVATÓRIO, que assino no jornal A Razão e reproduzo aqui na madrugada do mesmo dia: “Lideranças empresariais estão defendendo, nos bastidores e também em setores próximos ao prefeito Cezar Schirmer, um nome para substituir Cezar Busatto. Quando – e se – o atual titular da secretaria de Inovação for embora da cidade e do governo, o preferido é o ex-presidente do Escritório da Cidade, Vilson Serro…”

OPINIÃO CLAUDEMIRIANA: ainda que o próprio secretário, em descontraído (embora sério) papo mantido com este (nem sempre) humilde repórter há cerca de uma semana, tenha dito, mais ou menos brincando, que tem assumido tantos compromissos futuros que não sabe mais se não acabará ficando, é pouco provável que continue em Santa Maria para além do final deste ano.

Assim, o que escreve a colega Jaqueline tem tudo para ser o que acontecerá, meeesmo. E o compromisso a que ela se refere é o seminário que tratará da Agenda Estratégica. A que pretende consolidar a proposta da “Santa Maria que queremos”. Será no próximo final de semana.

Dito isto, uma questão se impõe: quem vai substituir Busatto a partir de, no máximo, janeiro? A resposta, penso, nem Cezar Schirmer tem. Ocorre que a vinda do ex-secretário de Antonio Britto e Yeda Crusius (da qual foi Chefe da Casa Civil e saiu depois do episódio da conversa gravada com Paulo Afonso Feijó e divulgada pelo vice-governador) levou à criação de uma supersecretaria de de Desenvolvimento Econômico, Inovação e Projetos Estratégicos. Sem grandes verbas, mas muito poder. A maior parte gerada pela figura do titular. Seja quem for que assumir, será meeeenos que Busatto. Talvez muuuito menos. O encargo, porém, será do mesmo tamanho.

Se o prefeito não sabe (ou não diz, ou ainda tem esperança de que Busatto continue), é lógico natural que grupos se movimentem para ocupar o espaço. Que, de resto, é mesmo estratégico para o governo do “marco zero” de Santa Maria, como não cansam de dizer, por atos e palavras, os assessores e o próprio prefeito.

É por essas e outras que, ao menos este repórter duvida, dificilmente será Vilson Serro o secretário. De uma maneira meio (ou bastante) burra, na atual administração há quem pense que ele representa o passado. Isto é, TUDO o que aconteceu até 31 de janeiro. Logo… a nomeação do ex-presidente do Escritório da Cidade seria uma lição de humildade que, no entendimento deste (nem sempre) humilde sítio, o atual governo parece incapaz.

Abre-se, portanto, o caminho para outros pretendentes. A totalidade deles age na sombra, com medo de confrontar o chefe. Mas se cacifam, aqui e ali, buscando ter o aval de quem manda. E, se der, também de quem submanda. 

Quem vai ser o escolhido? Bem, talvez seja o próprio Busatto. Seria o caso, nesses tempos modernos, de contarmos com um secretário “a distância”. Você duvida? Este repórter, não. Inclusive que, se é para fazer tudo diferente, talvez esta se configure na única saída – evitando que o futuro titular, seja quem for, já assuma pequeno, por mais competente se demonstre.

EM TEMPO: a foto (de arquivo) que ilustra esta nota é de Felipe Pires, da Superintendência de Comunicação Social da Prefeitura

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

4 Comentários

  1. Conheço o Pref Schirmer a muitos anos. Para mim ele é um estadista e jamais deixará de cumprir suas promessa de campanha e também não é homem de se deixar influenciar
    por opinioes alheias. Se tiver de comvidar alaguém do PT ou outro partido comvidará sem medo.

  2. Seria interessante um secretário a distancia, seria uma inovação, nesses tempos de ensino a distancia um governo a distancia, fato que já se configura há dias pois o governo do Dr. schirmer é um governo a distancia do povo,das promessas que fez,dos seus aliados de campanha, do governo de Brasilia e por aí a fora.
    Essa história de “marco zero” vai pegar se continuar não fazendo nada nas vilas, vai se transformar em “governo zero”.
    O fato do Serro ter participado do governo anterior servir de motivo para não ser aceito é uma bobagem pois o governo do Dr. Schirmer para se eleger precisou do Ex Prefeito 2 vezes de Santa maria Dr. Farret que hoje é Sec. de Saúde, tem como Secretário de Educação o Ex sec. 2 vezes Professor Pedro Aguirre,Chefe de Gabinete o Senhor Giovani Manica que foi Sec do Governo Behr e o Serro não é do PT, qual é o problema?hummmm… me ocorreu uma pergunta, quem é que está na pasta do turismo?Porque nã se ve falar patavina dessa secretaria! Comparada com o governo anterior…meu Deus!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo