EconomiaEleições 2010

ELEIÇÕES 2010. Meirelles diz que ainda não sabe se fica ou sai do Banco Central

 

Henrique Meireles e o drama hamletiano: ser ou não ser candidato em 2010
Henrique Meireles e o drama hamletiano: ser ou não ser candidato em 2010

Henrique Meirelles era deputado federal eleito pelo PSDB, quando resolveu aceitar o convite de Luiz Inácio Lula da Silva e virou presidente do Banco Central. Isso lá no final de 2001. Agora, ele quer retomar a carreira política num patamar mais elevado: pretende ser senador por Goiás ou até governador daquele Estado.

Quer dizer, isso é o que ele próprio disse. Mas, agora, em meio a mudanças em diretorias do banco, volta a dúvida. E Meirelles não ajuda muito a oferecer uma resposta definitiva. Pode sair em março. Ou ficar até o final do próximo ano, deixando o governo junto com Lula. E daí, o que decidirá? Saiba mais, em material distribuído pela Agência Brasil, com texto assinado por Kelly Oliveira, com foto de Elza Fiúza. A seguir:

Meirelles diz que há mais chances de continuar à frente do BC até o fim de 2010

O presidente do Banco Central (BC), Henrique Meirelles, afirmou que não estão previstas mais mudanças na diretoria da instituição enquanto ele estiver no cargo. De acordo com o presidente do BC, os diretores de Política Econômica, Mario Mesquita, e de Liquidações, Gustavo do Vale, manifestaram “interesse e concordância” de permanecerem no cargo enquanto durar a gestão dele.

Ontem (segunda, 16), o diretor de Política Monetária do Banco Central, Mário Torós, deixou o cargo depois de ser publicada na última sexta-feira (13) uma reportagem no jornal Valor Econômico em que ele falou sobre os bastidores da atuação do BC durante a crise financeira internacional…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.

SUGESTÃO ADICIONAL – confira aqui, se desejar, também outras reportagens produzidas e distribuídas pela Agência Brasil.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo