CampanhaEleições 2010Partidos

PSDB X PT. Blecaute pode provocar guerra de propaganda no rádio e na televisão

Sérgio Guerra, presidente do PSDB, é um dos que “quer sangue"
Sérgio Guerra, presidente do PSDB, é um dos que “quer sangue"

Por uma dessas coincidências interessantes, os principais protagonistas do pleito de 2010 no Brasil terão, no mesmo mês, espaço no rádio e na televisão para exercitarem seu proselitismo. PT e PSDB terão 10 minutos cada. Afora as inserções em meio às programações da mídia eletrônica.

Até semana passada, o que se sabia era que os tucanos pretendiam dividir o tempo entre suas duas maiores figuras, e que disputam a indicação para concorrer à Presidência: José Serra e Aécio Neves. E que os petistas, obviamente, pretendiam dar o maior espaço possível a Dilma Rousseff, a candidata governista ao lugar de Lula.

Pooois é. Mas, no meio do caminho (ou dos projetos de cada lado) veio o apagão. E os que querem sangue subiram ao ringue. Isso significa o que, objetivamente? Por enquanto, nada. Mas os planos podem mudar, como conta o jornalista Josias de Souza, da Folha de São Paulo. A foto é de Wilson Dias, da Agência Brasil. A seguir:

PSDB deve usar o apagão em sua publicidade na TV

PT cogita revidar com Rodoanel e racionamento de FHC…

…O tucanato cogita levar o apagão à sua propaganda partidária. O petismo esboça, nos subterrâneos, o revide. Em dezembro, as duas legendas terão dez minutos cada uma no horário nobre da televisão. Sem contar um lote de inserções de 30 segundos.

Inicialmente, os tucanos haviam planejado usar a maior parte do tempo que lhe cabe para propagandear seus dois presidenciáveis: José Serra e Aécio Neves. Porém, o apagão da última terça (10), que espalhou o breu por 18 Estados, provocou um rebuliço na legenda. O senador Sérgio Guerra (PE), presidente do PSDB, passou a administrar uma pressão para que o apagão vire tema da publicidade partidária…

… Quanto ao PT, havia a decisão de converter a presidenciável Dilma Rousseff em estrela da propaganda partidária. O presidente do partido, Ricardo Berzoini (SP), hesitara. Receava que a superexposição de Dilma pudesse resultar em punição da Justiça Eleitoral…A movimentação do PSDB acendeu no PT um debate, por ora incipiente, sobre a conveniência de retemperar o programa.

Para se contrapor aos ataques tucanos, o petismo pode realçar em suas peças os infortúnios elétricos da era FHC, tisnada por dois apagões, em 1999 e 2001.

Um deles, o de 2001, impôs aos consumidores um racionamento de cerca de oito meses. O PT cuidaria de realçar as diferenças…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.

SUGESTÃO ADICIONAL – confira aqui, se desejar, também outras notas e artigos publicados e/ou comentados por Josias de Souza, da Folha de São Paulo.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Um Comentário

  1. pt foi blecaute devido erro humano e problemas naturais.
    psdb foi apagão devido a incompetência e teimosia.
    meio que difernte né!
    e ainda acham que estão com a razão!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo