Prefeitura

NÃO CUSTA LEMBRAR. Busatto até já foi. E fundações ainda esperam a implantação

Confira a seguir trecho de nota que publiquei na manhã de 13 de abril de 2009, uma segunda-feira:

Pós-100 dias. À espera de Busatto, Schirmer terá que definir as novas posições na Prefeitura

Há quem diga que já nesta terça-feira, após parecer (que será favorável), do pastor Jorge Ricardo, edil do PRB, a Câmara de Vereadores possa colocar em discussão o projetão da reforma administrativa, enviado pelo prefeito Cezar Schirmer. Isso só acontecerá, porém, se houver acordo. E se, claro, a Comissão de Constituição de Justiça der o seu parecer, o que pode ocorrer antes da sessão ordinária.

Seja nesta semana, ou mesmo no início da próxima, o fato é que o novo desenho do governo será aprovado com facilidade, talvez até por unanimidade, no Legislativo. E aí começam a correr os 30 dias de transição, finda a qual terão que ser nomeados os presidentes das Fundações de Assistência Social e de Meio Ambiente, já criadas. E completados os cargos de chefia, vários deles muito importantes para a administração municipal, instituídos pelo projetão…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI  

PASSADO EXATAMENTE UM ANO da publicação da nota, como se sabe a reforma foi aprovada facilmente no Legislativo, inclusive com votos da oposição. Busatto veio para ficar três meses, ficou um ano e já foi embora. E ainda há duas fundações criadas e não implantadas. Será que agora, na restruturação do governo, elas deixam o papel e viram realidade?.

SIGA O SITÍO NO TWITTER

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo