EconomiaNegóciosSanta Maria

MERCADO. 415 carros 0 Km vendidos em junho na cidade. Resultado é comemorado

Não há como comparar 2010 com 2009, disse-me um empresário agora há pouco. Foi um ano atípico, com IPI reduzido ou zerado (conforme o modelo) como reação brasileira à crise ianque. O melhor a fazer é cotejar os números atuais com 2008; que foi, digamos, “normal”.

Assim dito, o desempenho em junho do mercado de carros (automóveis e comerciais leves) zero quilômetro é festejado pelo mercado santa-mariense. Afinal, foram 415 unidades vendidas, contra as 341 (já sem IPI baixo) do mês anterior.  

Na comparação (mais adequada, segundo minha fonte) com 2008, foi extraordinário. Em junho daquele ano foram comercializados 324 unidades – 28% maior agora, portanto.

Ah, como curiosidade: em 2009 houve um estouro em junho. Foram 556 carros vendidos então, ou 25% mais que agora, um ano depois.

Outra curiosidade: entre janeiro e junho deste ano foram vendidos 2.452 “zero”, bem mais que os 1909 de 2008, e – olha aí – apenas um pouco menos que em igual período do ano passado, quando saíram das revendas 2.778 unidades.

SIGA O SITÍO NO TWITTER

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Um Comentário

  1. Espero que aqueles que compraram carros novos tenham vendido seus carros velhos para pessoas de outras cidades porque o transito de Sata Maria está muito distante do “mais e melhor” que “Xirmer” prometeu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo