Eleições 2010Política

’DAY-AFTER’. Férias de 60 dias. Mas Lula já monta terreno para seguir protagonista

Tudo e mais um pouco já foi especulado por radiões, jornalões e redonas de televisão. Inclusive a secretaria geral da ONU (desejo da mídia?) ou a presidência do FMI (outro desejo?). Mas o fato objetivo é que ninguém, exceto quem sabe o próprio, sabe o que Luiz Inácio Lula da Silva pretende fazer a partir de 1° de janeiro, quando deixa a Presidência da República – após oito anos com popularidade recorde.

Alguns sinais, porém, já se pode antecipar. Afinal, são feitos pelo próprio Lula ou seus representantes mais diretos. Se sabe, por exemplo, que pretende tirar dois meses de férias. Mas, e depois? Um bom indício pode ser encontrado em material publicado pelo portal iG. A reportagem é de Ricardo Galhardo. Confira:

Lula começa a tirar do papel plano para criar instituto em 2011

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva procura um imóvel em São Paulo para instalar um escritório a partir de onde pretende manter seu protagonismo no cenário político depois que deixar o governo, no dia 1º de janeiro.

O local preferido é a Vila Clementino, bairro de classe média na Zona Sul paulistana, onde ficava o comitê eleitoral do presidente na campanha de 2002. A escolha ocorre por dois motivos práticos: a proximidade do aeroporto de Congonhas e a facilidade de acesso a São Bernardo do Campo, para onde o presidente voltará depois do mandato.

Lula tem dito que pretende tirar dois meses de férias e depois “voltar com tudo” para trabalhar pela reforma política e eleitoral e a criação de uma frente que dê estabilidade a um possível governo da presidenciável petista Dilma Rousseff.

O chefe do gabinete-adjunto de Gestão e Atendimento da Presidência, Swedenberger do Nascimento Barbosa, foi encarregado de fazer uma pesquisa e apresentar opções de formato jurídico para a entidade que servirá de suporte a Lula. Ex-secretário-executivo da Casa Civil na gestão de José Dirceu, Barbosa tem estudado exemplos de ex-presidentes no exterior. As opções são a criação de uma fundação ou um instituto…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.

SIGA O SITÍO NO TWITTER

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

2 Comentários

  1. Pois é, 4 anos de Dilma, depois o Lula se reelege por mais 8 anos e serão 20 anos. Caso a Dilma se reeleja e depois Lula volte poderão ser 24 anos. Se vai ser bom ou ruim, só o tempo dirá.

    Tempo suficiente para? Deixo a discussão para os comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo