Eleições 2010Política

NÃO CUSTA LEMBRAR. E a eleição de 2010 decapitou, meeesmo, alguns figurões

Confira a seguir trecho da nota publicada aqui na noite de 29 de setembro de 2010, uma quarta-feira:

SENADO. Agora, quem corre risco é também Jereissati, coronel tucano do Ceará

Por essa poucos esperavam. Vá lá que Arthur Virgílio, um sinônimo de grossura verbal e maus-modos políticos seja mandado pra casa pelos eleitores amazonenses. Não é uma surpresa. Até mesmo Marco Maciel, há mais de 40 anos em cargo eletivo, pode ser considerado, digamos, normal. Afinal, o cara concorre em Pernambuco, onde Lula está ao lado Dele, no que toca a popularidade.

Mas, Tasso Jereissati? Grão-tucano, coronel cearense há um punhado de décadas? Pois é. Longe está de certa sua queda. Mas o risco, acredite, não é nada desprezível, segundo as últimas pesquisas. Quem...”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI

PASSADO EXATAMENTE UM ANO da publicação da nota, e não é que os dois acabaram mesmo sendo politicamente decapitados pelas urnas de quatro dias depois? Tanto Virgílio quanto Jereissati foram mandados pra casa. O segundo, parece, já até largou a política. O primeiro tenta recomeçar, no Amazonas. É, as urnas podem ser cruéis. Ou justas, cá entre nós.

SIGA O SITÍO NO TWITTER

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo