ECONOMIA. Doutos projetam nova redução forte do juro. Inflação e PIB ficam estáveis

Parece que a Presidente Dilma Rousseff está a caminho de alcançar seu objetivo: a redução significativa dos juros. A parte dela, isto é, onde ela manda mesmo, que são nos bancos estatais, isso acontece em maior velocidade. Já na banca privada…

Bem, pelo menos o Comitê de Política Monetária deve promover mais uma forte redução na taxa básica. É o que prevêem os analistas do mercado financeiro (doutos, como os denomina o sítio), conforme o boletim “Focus”, divulgado na manhã de hoje pelo Banco Central, que o edita.

Também há ligeiras correções, para baixo e na casa dos centésimos, na projeção para o Produto Interno Bruto e a inflação deste ano, como você pode conferir no material produzido e distribuído pela Agência Brasil. A reportagem é de Kelly Oliveira. A seguir:

Mercado financeiro estima menor crescimento econômico e corte de 0,5 ponto percentual na Selic

Analistas do mercado financeiro consultados pelo Banco Central (BC) esperam redução de 0,5 ponto percentual na taxa básica de juros, a Selic. O Comitê de Política Monetária (Copom) do BC reúne-se amanhã e quarta-feira (30) para definir a Selic, que atualmente está em 9% ao ano.

Após esse corte, os analistas esperam mais uma redução de 0,5 ponto percentual. Assim, a Selic ficaria em 8% ao ano, de acordo com a previsão. Neste ano, o Copom já reduziu a Selic em 2 pontos percentuais. Para o final de 2013, permanece a expectativa de 9,5% ao ano.

De acordo com as expectativas dos analistas, a inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) deve ficar, tanto neste ano como no próximo, acima do centro da meta de 4,5%, mas abaixo do limite superior de 6,5%. Para este ano, a previsão passou de 5,21% para 5,17%. Para 2013, a projeção para o IPCA permanece em 5,6%…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.

SIGA O SITÍO NO TWITTER



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *