PrefeituraSanta Maria

FALTA DE ENERGIA. Prefeitura vai à ANEEL contra a AES Sul e quer o apoio também do Ministério Público

Os transtornos provocados pela falta de energia elétrica nos últimos dias, decorrentes de problemas advindos dos temporais (e que devem ser previstos pela concessionária, a AES Sul), embrabeceram o prefeito Cezar Schirmer.

Bueno, a população também está bem braba, cá entre nós. Ah, por conta disso, a prefeitura vai representar contra a empresa, na agência reguladora. E quer também a chancela do Ministério Público, como você confere no material produzido pela Coordenadoria de Comunicação Social. O texto é de Maria Luiza Guerra. A seguir:

Prefeito Cezar Schirmer representará, junto a ANEEL, contra a AESSUL por desrespeito com a população de Santa Maria
Nos últimos dias, Santa Maria foi acometida por fenômenos naturais como temporais e vendavais, que causaram prejuízos para o cidadão e também prejudicaram serviços públicos. Entretanto, esses fenômenos são previsíveis e as empresas concessionárias de serviços públicos, como a AESSUL, têm a obrigação de estar preparada para atender à população (Serviço de Atendimento ao Cliente), bem como a de resolver os problemas com rapidez e agilidade.

O prefeito Cezar Schirmer, em reunião, recebeu o comunicado da Defesa Civil, Guarda Municipal, de diversas Secretarias de Município e de lideranças comunitárias de que a situação da falta de luz está demorando horas e até mesmo dias para ser normalizada. “É um absurdo uma pessoa ficar horas ou até dias sem luz e sequer ser atendida pelo serviço de 0800. Isso não pode acontecer na cidade sem que nenhuma medida seja tomada”, destacou o prefeito.

Houve relatos de casos em localidades rurais de que a falta de energia e demora na solução do problema impossibilitou o trabalho de pequenos produtores rurais, inclusive casos de falta de água, já que o fornecimento depende de energia elétrica. Na área urbana de Santa Maria a situação também foi de sofrimento para as famílias. Na opinião do prefeito é um desrespeito da empresa privada AESSUL, concessionária do serviço de fornecimento de energia elétrica.

Diante deste fato, o prefeito Cezar Schirmer decidiu representar, junto a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), contra a empresa AESSUL pelo desrespeito com a população de Santa Maria. Segundo o secretário de Município de Relações de Governo e Comunicação, Giovani Manica, responsável por organizar a representação, o prefeito convidará o Ministério Público para assinar conjuntamente a representação. “Nesta terça-feira haverá uma reunião para elaboração do documento final e o Procon também participará ”, disse Manica.” 

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Um Comentário

  1. pagamos um absurdo pela energia,e o descso da empresa aessul é total.Se fossem feitas manutençoes constantes nas redes e postes,o problema não seria tão grave.Temos um frigorifico e já e o terceiro dia q não abatemos,justo nos dias q antecedem o Natal!Quem vai pagar esse prejuizo?Até quando as autoridades vão permitir isto!Basta!O povo quer ver atitude por parte dos governantes!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo