CongressoSanta MariaTragédia

TRAGÉDIA. Advogado de um dos investigados deverá falar aos deputados da Comissão Externa da Câmara

As informações a seguir são provenientes da assessoria de imprensa do deputado federal Nelson Marchezan Júnior (PSDB), sub-relator da Comissão Externa da Câmara dos Deputados, que acompanha os trabalhos de investigação acerca da tragédia da Kiss. Acompanhe:

Santa Maria: advogado de um dos réus deve falar à comissão

O advogado de um dos réus no caso da tragédia em Santa Maria, Jader Marques, deverá falar à Comissão Externa -Tragédia em Santa Maria/RS na próxima quarta-feira (06). Em virtude da dificuldade de acesso ao inquérito policial  que investiga o incêndio na boate Kiss,  o sub-relator  da comissão, Nelson Marchezan Júnior (PSDB-RS), mais os deputados Augusto Coutinho (DEM-PE), Luiz Carlos Heinze (PP-RS) e Pedro Francisco Uczai (PT-SC), apresentaram ao coordenador da comissão, Paulo Pimenta (PT-RS), requerimento para convidar Marques a trazer informações sobre o caso à comissão.

Das solicitações de informações enviadas  pela comissão a órgãos como o Ministério Público, Brigada Militar, Polícia Civil e Prefeitura de Santa Maria, apenas dois órgãos deram retorno. A Prefeitura ficou de enviar documentos  hoje  (quinta)  à comissão. A Polícia Civil, depois de ter negado solicitação de acesso expedida pela comissão há 10 dias, informou, mediante a um segundo pedido no início desta semana, que a máquina de xerox estava quebrada. “Para dar alguma efetividade aos trabalhos vamos buscar informações junto ao advogado de um dos empresários, já que os órgãos públicos parecem não confortáveis em dar informações”, disse Marchezan.”

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo