EconomiaNegóciosPolíticaPrefeitura

NÃO CUSTA LEMBRAR. Esforço, vão, pelos chineses

Confira a seguir trecho da nota publicada na noite de 11 de abril de 2012, quarta:

EM 20 DIAS. É o prazo que os chineses se dão para decidir onde instalam montadora de caminhões. Santa Maria no páreo

Foi um dia intenso, para autoridades da comuna e da Agência de Desenvolvimento. Todos se esforçando para demonstrar que Santa Maria tem, sim, condições de receber o investimento chinês, representado por uma montadora de caminhões.

Agora, é esperar. Eles dizem que em 20 dias vão decidir. A boca do monte está no páreo, disputando, se a fábrica vier para o Estado, com Camaquã...” 

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUEAQUI                                 

PASSADO EXATAMENTE UM ANO da publicação da nota, o fato é que não adiantou nada o esforço para atrair os empresários de olhos diferentes. Foi a maior derrota, provavelmente, de Santa Maria em 2012. Razões políticas e econômicas foram aventadas, mas, objetivamente, o que interessa é que os tais caminhões serão mesmo montados em Camaquã.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Um Comentário

  1. O mais estranho não é Santa Maria não ter levado a fábrica, apesar de os estudos de engenharia e de viabilidade econômica terem indicado a cidade. É o fato de que nem em Camaquã eles se instalaram, pois não houve acordo com a licença ambiental e os chineses deram no pé. Por falar neles, a dita (verdadeira) Dong Feng está construindo ábrica em MG, inclusive suas carretas já foram fotografadas em testes pelas estradas do Brasil. Terá sido mais um factóide criado pelo governo do estado para alardear conquistas não realizadas? Com a palavra os representantes do governo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo