EstadoEstradasPolítica

ESTRADAS. Tarso anuncia o fim, sexta, do pedágio em pelo menos um ponto: Farroupilha, na serra gaúcha

Tarso fez o anúncio oficial, no Palácio Piratini: ato simbólico será na manhã de sexta
Tarso fez o anúncio oficial, no Palácio Piratini: ato simbólico será na manhã de sexta

A reversão de decisões judiciais, agora em favor do Estado, levou o governador Tarso Genro a fazer importante anúncio, na tarde de hoje, no Palácio Piratini.

Quem conta essa história, com detalhes, é a assessoria de imprensa do deputado Valdeci Oliveira, líder do governo na Assembleia Legislativa. O texto e a foto são de Tiago Machado. A seguir:

Governador anuncia fim do pedágio de Farroupilha

O modelo de pedágios vigente no Rio Grande do Sul há 15 anos e que é fonte constante de reclamações pelos usuários das rodovias gaúchas começará a ser desbancado nesta semana. Em entrevista coletiva, nesta quarta (29), o governador Tarso Genro anunciou a realização,  nesta sexta (31), às 9h, do ato simbólico de levantamento das cancelas do pedágio do município de Farroupilha, na Serra Gaúcha.

A iniciativa foi um compromisso assumido pelo governador na campanha eleitoral. “Neste momento temos uma decisão judicial que nos autoriza a tomar conta de alguns polos. Vamos, portanto, cumprir com a nossa proposta programática de encerrar o pedágio de Farroupilha, que é um pedágio que tem contestação da comunidade produtiva da região e dos cidadãos”, disse Tarso.

O governador confirmou que a Procuradoria-Geral do Estado (PGE) reverteu as decisões que garantiam às concessionárias Convias e Sulvias a manutenção dos polos de pedágios de Caxias do Sul e Lajeado, respectivamente. Com isso, as praças passam à administração estadual, através da Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR).

O presidente da EGR, Luiz Carlos Bertotto, anunciou  os valores das tarifas que serão cobradas nas praças: a tarifa para automóveis será de R$ 5,20 – hoje o valor é de R$ 7,00 – e para caminhões o valor máximo (para veículos 6 eixos) será de R$ 18,00 – sendo que hoje o valor máximo chega até a R$ 52,00 para veículos 6 eixos. Bertotto afirmou que a EGR tem como meta melhorar a manutenção das rodovias. “Queremos reduzir tarifas e melhorar os serviços ao cidadão, que hoje não são adequados”, afirmou.

Para o líder do governo na Assembleia, deputado Valdeci Oliveira (PT), os anúncios estimulam o desenvolvimento do Estado. “Hoje temos estradas ruins e com pedágios abusivos. Isto só faz aumentar o custo Rio Grande. Queremos alterar isso em favor do povo, dos trabalhadores e da economia gaúcha”, afirmou.”

 

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo