FUTURO. População pode mudar Plano que frustra verbas para desenvolvimento. Mas tem que participar

FUTURO. População pode mudar Plano que frustra verbas para desenvolvimento. Mas tem que participar - plurianual1

Ok, vereadores e prefeitura estavam lá, na audiência. A questão é outra: e a população?

O sítio publicou, na madrugada passada, nota em que MOSTRA o quanto está defasada a prática do discurso. Enquanto o segundo, feito pelo prefeito Cezar Schirmer, aponta para a sua preocupação, no segundo mandato (que a qualquer momento deve iniciar), com políticas de desenvolvimento, a primeira frustra qualquer expectativa para os próximos quatro anos.

Relembrando: o Plano Plurianual prevê investimentos, nos próximos quatro anos, algo como R$ 20,5 milhões para gerir e manter as pastas de Desenvolvimento e Planejamento Estratégico e para o Escritório da Cidade. Enquanto isso, apenas a rubrica Gabinete do Prefeito tem R$ 18,7 milhões. É flagrante a dicotomia entre o que se diz e o que se propõe objetivamente.

As queixas se avolumam, inclusive entre os empresários (mesmo de entidades que, porém, se calam publicamente). Mas há uma chance de mudar isso. É o que aponta o material distribuído pela assessoria de imprensa da Câmara de Vereadores, a propósito de audiência pública ocorrida na última sexta-feira.

Aliás, a única foto disponível mostra apenas a mesa diretiva do encontro. O que leva o editor a supor que os presentes não compunham gente suficiente para “encher” uma imagem – até prova em contrário. Ah, mas qual é essa chance de mudar? Na possibilidade de apresentação de emendas, que devem ser sugeridas (não necessariamente acatadas, claro) aos edis. É, no mínimo, uma fresta que se abre.

A propósito da audiência da sexta-feira, acompanhe o material da assessoria do parlamento. O texto é de Clarissa Lovatto Barros, com foto de Ana Bittencourt. A seguir:

Emendas ao Plano Plurianual até dia 28 de junho

A Câmara de Vereadores, por meio da Comissão de Orçamento e Finanças, realizou, na tarde de sexta-feira (21), audiência pública para discutir o projeto de lei 7913, do Executivo, que Institui o Plano Plurianual do Município de Santa Maria para o período de 2014 a 2017.  Até o dia 28 de junho podem ser apresentadas emendas ao projeto, as quais serão analisadas pela Comissão, que irá emitir parecer final ao projeto e emendas até o dia 02 de julho.  Conforme cronograma da Comissão, o projeto passa pela primeira discussão no dia 04 de julho e, pela segunda discussão e votação, no dia 09 de julho.  O encaminhamento da redação final do projeto ao Executivo acontece até o dia 15 de julho.

A Comissão de Orçamento e Finanças é integrada pelos vereadores João Kaus, Paulo Airton Denardin, Luciano Guerra, Werner Rempel e Sérgio Cechin.”



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *