Câmara de VereadoresPrefeituraSanta Maria

DESENVOLVIMENTO. Ainda há uma chance para sugerir mudanças no Plano Plurianual. E firmar o rumo

A pasta do Desenvolvimento, dita prioritária por Schirmer, recebe uma merreca no Plurianual
A pasta do Desenvolvimento, dita prioritária por Schirmer, recebe uma merreca no Plurianual

Este sítio, em nota publicada na madrugada de 24 de junho, alertava para uma incongruência entre os propósitos anunciados pelo prefeito Cezar Schirmer e os frios números do Plano Plurianual, com os recursos orçamentários a ser destinados para os próximos quatro anos.

O discurso do prefeito não se coaduna com a realidade da proposta enviada para apreciação e votação dos vereadores. Ao mesmo tempo em que aponta a necessidade de estabelecer políticas para o desenvolvimento da cidade, as pastas que CUIDAM do setor têm apenas perto de R$ 20,5 milhões para sua manutenção. Isso é apenas 1,81% do total dos recursos, estimados em R$ 1,133 bilhão.

Em contrapartida, anotava o levantamento do sítio, para exemplificar, as despesas para manutenção do Gabinete do Prefeito receberiam apenas um pouco menos (R$ 18,8 milhões) recursos. Mas há ainda uma chance de mudar. Basta que a comunidade, e especialmente os empresários (e foram vários deles que alertaram o editor para o fato) se mexam e façam suas sugestões aos edis. Ah, se você quiser conferir os números do Plano Plurianual, basta clicar AQUI.

Inclusive porque o prazo original, por conta da ocupação da Câmara, foi estendido até a próxima sexta-feira, como revela material produzido pela assessoria de imprensa do Legislativo. Confira, a propósito, o texto de Clarissa Lovatto Barros. A seguir:

 “Alterado cronograma de votação do PPA

Em razão da suspensão de atividades do Legislativo de 26 a 28 de junho, a Câmara de Vereadores, por meio de Comissão de Orçamento e Finanças, alterou o cronograma para apresentação de emendas e votação do projeto de lei 7913, do Executivo, que Institui o Plano Plurianual do Município de Santa Maria para o período de 2014 a 2017.  Deste modo, até o dia 05 de julho podem ser apresentadas emendas ao projeto, as quais serão analisadas pela Comissão, que irá emitir parecer final ao projeto e emendas até o dia 08 de julho.   No dia 03 de julho, às 08h30, acontece um “tira-dúvidas” no Plenarinho da Câmara.

Conforme cronograma da Comissão, o projeto passa pela primeira e segunda discussão na sessão ordinária dia 09 de julho.  O encaminhamento da redação final do projeto ao Executivo acontece até o dia 15 de julho. A Comissão de Orçamento e Finanças é integrada pelos vereadores João Kaus, Paulo Airton Denardin, Luciano Guerra, Werner Rempel e Sérgio Cechin.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo