ECONOMIA SOLIDÁRIA. Centros de Formação e os núcleos, uma estratégia para fortalecer o segmento

ECONOMIA SOLIDÁRIA. Centros de Formação e os núcleos, uma estratégia para fortalecer o segmento - selo-ecosol4Terminou ontem, antes mesmo do início oficial dos eventos da Economia Solidária, o Encontro Nacional dos Núcleos Temáticos da Rede dos Centros de Formação em Economia Solidária a Rede CFES. Mas, e o que os debates concluíram? Confira, a seguir:

 “Rede CFES consolida núcleos temáticos como estratégia de fortalecimento da Economia Solidária

Por THAYS PUZZI, assessoria de Imprensa Cáritas Brasileira

Terminou na manhã desta quinta-feira (11), o Encontro Nacional dos Núcleos Temáticos da Rede dos Centros de Formação em Economia Solidária (Rede CFES). Durante os três dias do evento, que ocorreu em Santa Maria (RS), os participantes desenvolveram os planos de trabalho dos núcleos de Educação Popular e Desenvolvimento, Finanças Solidárias, Produção, Comercialização e Consumo Solidário, e Redes de Cooperação Solidárias, que são considerados a espinha dorsal da Rede CFES.

O encontro, que antecedeu o 2º Fórum Social e 2ª Feira Mundial de Economia Solidária, reuniu cerca de 40 representantes de todas as regiões do país e teve o objetivo de fortalecer o movimento da Economia Solidária a partir da consolidação dos núcleos temáticos.

A próxima atividade da Rede CFES será em agosto em Brasília (DF) onde será realizada uma oficina de comunicação na sede do Secretariado Nacional da Cáritas Brasileira.

Articulado nacionalmente pela Cáritas Brasileira, o CFES Nacional é um projeto da Secretaria Nacional de Economia Solidária/Ministério do Trabalho e Emprego (SENAES/MTE), que teve início em 2009. Em 2013, a parceria entre a entidade e o governo que firmaram convênio até 2015, dá continuidade aos processos de articulação e formação.

Feira de Santa Maria

A delegação da Cáritas Brasileira já está em Santa Maria para participar do 2º Fórum Social e 2ª Feira Mundial de Economia Solidária. De todas as regiões do país, 40 representantes dos regionais da entidade participarão de diversas atividades, além de trocarem experiências em Economia Solidária.

Será durante o 2º Fórum Social que a Rede Cáritas irá comemorar 30 anos de caminhada e apoio a grupos de Economia Popular Solidária (EPS) em todo o país na luta pela emancipação social e econômica de diversas comunidades.”



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *