UM ABSURDO! Prefeitura tem R$ 10 milhões para a Saúde e não usa. Quem diz? Um indignado secretário

UM ABSURDO! Prefeitura tem R$ 10 milhões para a Saúde e não usa. Quem diz? Um indignado secretário - vanoir

A reunião na Câmara foi pródiga em informações. Todas ruins, para a saúde da comuna

Isso é incrível. E inadmissível. Então, a Prefeitura tem recursos para a Saúde e não os utiliza? A denúncia, não poucas vezes feita no Conselho Municipal de Saúde, sempre foi refutada com veemência pelo Palacete da SUCV.

Mas, e agora, quando o autor da afirmação é do governo (se é que ainda é, neste momento, pois se ESPERAVA a qualquer momento, que pedisse o boné), no caso o próprio secretário municipal de Saúde, Vanoir Kohler, em reunião com vários vereadores, na tarde desta quinta-feira?

São, e basta conferir o texto do material produzido pela assessoria de imprensa do Legislativo, R$ 10 milhões. Melhor repetir: deeeez milhõõôes, que, nas palavras de Koehler, “vão ficar na conta, sem utilização”. Isso, convenhamos, é inaceitável. Mais, não está claro, mas parece fazer parte desse montante, coisa de R$ meio milhão, não utilizado, embora existente, para a prevenção de DST/Aids.

Curiosamente, na sessão plenária do parlamento, realizada logo em seguida, a REPERCUSSÃO, não obstante a óbvia gravidade, foi pouco mais que pífia. Singela, quase, diante do fato de a cidade simplesmente não usar R$ 10 milhões que estão disponíveis.

O editor está perplexo. Mas, com certeza, não há exagero. Basta conferir o relato feito por Ana Bittencourt, da assessoria do Legislativo. A foto é do Feicebuqui. A seguir:

Comissões Permanentes se reúnem com secretário de Saúde

Três comissões permanentes da Câmara de Vereadores – Saúde e Meio Ambiente, Direitos Humanos e Políticas Públicas – se reuniram com o secretário municipal de Saúde, Vanoir Koehler na tarde desta quinta-feira (21), no Plenário Coronel Valença. O secretário foi convidado a participar para tratar de pautas específicas de cada comissão.

A Comissão de Saúde e Meio ambiente questionou o secretário sobre a falta de dentistas no posto da Vila Lídia. De acordo com Koehler, no momento não existe possibilidade da colocação destes profissionais no local antes de janeiro, quando o secretário espera que a precariedade no atendimento seja minimizada. O presidente da comissão, vereador Luis Carlos Fort, questionou se o município tem odontólogos aprovados no último concurso. De acordo com o secretário existe a necessidade de reestruturação de cargos dentro da secretaria e isso deve ser feito antes que a validade do concurso expire. Vanoir Koehler explicou ainda que a Sefas está suprindo a demanda de dentistas nos postos de saúde.

Já a Comissão de Direitos Humanos e Cidadania buscou informações sobre o programa DST/Aids, que não estaria recebendo recursos para realizar suas atividades. Presente na reunião e representando os usuários do HUSM, Luis dos Santos Rodrigues, que atua como voluntário em ações de conscientização sobre DST/Aids, confirmou q falta de repasse dos recursos. Koehler explicou que existe uma inversão de prioridades no que diz respeito aos gastos do programa. Segundo ele, há muito dinheiro em caixa que não tem possibilidade de ser utilizado neste ano e seria necessário abrir mais uma rubrica para que o programa pudesse utilizar os recursos. O secretário informou que há mais de 500 mil reais parados na conta do programa DST/Aids. “Enquanto for mantida a lógica de se gastar primeiro o recurso livre, o problema vai continuar. Primeiro deve ser gasto o valor vinculado”, concluiu. Vanoir Koehler disse que em 2013, cerca de 10 milhões de reais vão ficar na conta, sem utilização…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.

VALE CONFERIR, TAMBÉM, REPORTAGEM A RESPEITO PUBLICADA NA VERSÃO ONLINE DO DIÁRIO DE SANTA MARIA (AQUI)



15 comentários

  1. Marília

    Não caberia uma CPI sobre isto?

    Lei de improbidade, Dos Atos de Improbidade Administrativa que Atentam Contra os Princípios da Administração Pública

    Art. 11. Constitui ato de improbidade administrativa que atenta contra os princípios da administração pública qualquer ação ou omissão que viole os deveres de honestidade, imparcialidade, legalidade, e lealdade às instituições, e notadamente:

    II – retardar ou DEIXAR DE PRATICAR, indevidamente, ato de ofício;

    Pergunto, não é dever do Prefeito e seus secretários fazer projetos para conseguir captar recursos?

    Pelo visto, com o apoio do Legislativo, Schirmer continua perdido, fazendo apenas promessas, promessas, com chineses, poleneses, alemães, mas na verdade nem o feijão com arroz é feito.

    Mas em Santa Maria, todo mundo quis, mais uma vez….

    Vamos aproveitar o NATAL DO AMOR MAIOR, e pedir a Papai Noel, que em 2014, tenhamos um Poder Executivo menos omisso, um Poder Legislativo mais independente e altivo e menos subserviente ao Executivo e um Ministério Público que honre sua premissa de instituição permanente ao qual incumbe ( não é facultativo) a defesa da ordem jurídica, do regime democrático e dos interesses sociais e individuais indisponíveis.

  2. GEF

    Burocracia. E, se alguém quiser utilizar o “bom senso”, tem um processo esperando. E o advogado sai do bolso.

  3. Alves, João

    Isto não burocracia, isto é incompetencia. Mas fazer oque se o povo gosta dos pisca-pisca e vota nas malas.

  4. Pri Schalen

    Isso é uma absurdo, segunda-feira fui levar meu filho de 4 anos no UPA, cheguei lá desisti de esperar. A situação vergonhosa, como sempre lotado de pessoas e com apenas UM PEDIATRA, desisti e fui no PA do patronato, cheguei lá as 19:45 fui ser atendida 22:00. Isso causa mais do que indignação, é uma falta de respeito com os Santa-marienses.

  5. Mercedita

    É uma vergonha com 10.000.000 parados e o povo sem atendimento ou precário atendimento nos postos de saúde.Será que o prefeito esta copiando Maria Antonieta? A praça e as ruas estão enfeitadas, se não tem atendimento na saúde tem festa.

  6. João Alves

    Pão e circo para o povo. Aqui nem tão pão, mas muito mais circo. Já virou redundância dizer que temos um desgoverno, que estamos a própria sorte aqui em Santa Maria. Dez milhões é a última de um governo que não diz, não sabe a que veio. Parece que perdeu o rumo. Não sei quem se elegeu para prefeito na última eleição. Parece não ser o mesmo homem que se reelegeu com tamanha aprovação popular. Alguém vai dizer “foi a Kiss”, não esse episódio só revelou um governo que por fora é bela viola, por dentro pão bolorento.

  7. Freud explica

    Um secretário demissionário larga uma dessas, com certeza isso é motivo para uma CPI com letras garrafais. Mas, acredito pouco nisso. Se com mais de 230 mortes, em janeiro, eles titubearam e só criaram uma CPI a pau e corda, governista, não é agora que seria diferente. Além do mais, com uma oposição que qualquer governo pediu a Deus, fica mais complicado ainda. Resta o Ministério Público…será que podemos acreditar que fará algo? Se não tiver no manual os promotores também não podem fazer nada.

  8. Dinarte

    CPI? Nem oposição temos no legislativo quanto mais CPIs já foram tantas deste Executivo com razões para sumirem do mapa. As gravações do Procurador na época do Legislativo nada foi feito que venha o povo e as vítimas da Kiss estes sim fazem oposição justa, séria e legal. VERGONHA BLOCO DE OPOSIÇÃO.

  9. Maria Silva

    10 milhões que não foram usados para a saúde e as pessoas morrendo por falta de estrutura. Isso deveria ser julgado como um ato criminoso!
    É no mínimo um atestado de péssima gestão. De quem?
    Do excelentíssimo prefeito. Foi ele que nomeou os seus secretários.
    Falta gestão nessa prefeitura. O prefeito pode até mandar, mas os secretários não obedecem e ainda mentem que fazem.
    Vai estourar outra secretaria a qualquer momento, esperem para ver.

  10. boca grande

    Alem de não ter oposição um vereador de oposição em conversa e Eu, ouvi ele dizer não posso ir contra eles se não eles não arrumam a rua que Eu, pedi, depois dessa conversa vi que a cidade esta por conta do atoa pois onde a oposição não cobra pobre povo.

  11. Julio Porto

    Esta aí uma boa tarefa para a vereadora Anita Costa Beber, que como vereadora tem a obrigação de fiscalizar o executivo. Ela pode propor uma CPI para investigar tal denúncia. Quem sabe assim a os mascotes e seus donos possam passar em paz.

  12. Lyllian Lillyene

    Gente! perguntem ao Conselho Municipal de Saúde esses 10 milhões não são nada! Já sobraram 22 milhões em anos anteriores! Dizem que o conselho não aprova as contas há vários nãos e ninguém faz nada fica tudo por isso mesmo. E não pensem que a culpa é só do prefeito eu ouvi dizer que quem decide tudo na saúde, quem manda e desmanda lá é o vice! Que esse acordo fez parte do acerto para ganharem as duas eleições e o povo que se lasque, os que sobrevirem é claro.

  13. Sandra Flores

    É na verdade uma péssima gestão! Hoje fui a um enterro no cemitério municipal e pude ver que desleixo continua. Fizeram uma meia sola para o dia de finados, apenas para aparentar que estavam cuidando.O funcionário falou que o cemitério conta com apenas 5 funcionários para dar conta de todo o cemitério. Meu deus! eles não são mágicos. Que gestão incompetente é esta que não faz nada certo? Finja que vai viajar e não volta prefeito, isto seria fazer BEM FEITO!

  14. Ademir

    O editor está perplexo. Mas, com certeza, não há exagero. Basta conferir o relato feito por Ana Bittencourt, da assessoria do Legislativo. A foto é do (Feicebuqui). A seguir: Não seria facebook?????????????????????????

  15. João Campos

    O mais triste é que nada será feito, já caiu no esquecimento. E o pior é que mesmo este prefeito sendo incompetente, outros que virão não farão muito diferente dos que ali estavam.

    Cabe a cada um de nós não se conformar e condenar o jeitinho brasileiro repugnante que faz perpetuar esta nefasta prática em um país nada sério.

    Cada um fazendo sua parte e exteriorizando isso tem um efeito maior que esperar pela vergonha dos que estão usufruindo do poder.

    E agradeço, elogio o nobre jornalista que nos escreve por se manter integro e fiel a princípio éticos que toca e desperta cada vez mais mentes! Isso sim é tornar seu serviço algo benéfico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *