AssembleiaCidadaniaPolítica

CIDADANIA. Caso Heinze e ofensas a árbitro, motes para Frente Parlamentar contra Racismo e Homofobia

A proposta já começa a circular, autoria do deputado Valdeci Oliveira. É mais que hora, convenhamos, de enfrentar de frente essa chaga que fere de morte a cidadania. Detalhes chegam pela assessoria de imprensa do parlamentar, em texto de Tiago Machado. Acompanhe:

Valdeci propõe Frente Parlamentar contra o Racismo e a Homofobia

O deputado estadual Valdeci Oliveira (PT) deu início, nesta sexta (7), a criação da Frente Parlamentar contra o Racismo, a Homofobia e outras formas de discriminação. Após conversar e receber o apoio do presidente da Assembleia Legislativa, Gilmar Sossella (PDT), e do presidente da Comissão de Cidadania e Direitos Humanos do Parlamento Gaúcho, o deputado Jeferson Fernandes (PT), Valdeci começou a convidar parlamentares de todas as bancadas para integrarem a Frente.

Também serão convidados a participarem do grupo representantes dos governos estadual e federal, do Poder Judiciário e dos movimentos sociais e entidades ligadas ao enfrentamento do preconceito. “Queremos coletiva e organizadamente contrapor de forma pública à escalada de manifestações e ações que fomentem a discriminação no nosso Estado. Será uma Frente com a maior amplitude política e social possível. Basta de segregação e de intolerância com as diferenças ”, afirmou o deputado.

Na semana que vem, será definida a data de lançamento da Frente Parlamentar e as primeiras atividades. “O episódio recente ocorrido com o árbitro de futebol Márcio Chagas e as próprias declarações do deputado federal Luis Carlos Heinze (PP) ilustram o quanto todos nós estamos sendo desafiados pelo racismo e pela homofobia”, afirmou Valdeci.”

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo