ECONOMIA SOLIDÁRIA. Projeto Esperança fecha exatos 27 anos e muitas (boas) histórias para contar

Se há alguma coisa boa criada recentemente em Santa Maria e que leva longe o nome da cidade de uma forma positiva, o editor não tem dúvida: é a Economia Solidária. E esta tem uma razão bem clara para ter crescido tanto, o Projeto Esperança-Cooesperança, da Arquidiocese Católica.

E tudo começou exatamente há 27 anos, por iniciativa do então bispo (depois emérito) Dom Ivo Lorscheiter. Quem conta um pouquinho disso é a grande artífice do Projeto, a irmã Lourdes Dill. Acompanhe:

Há  27  anos….

Hoje,  dia  06  de  março  de  2014  completam-se  os  seus   belos  27  anos    em  que  a  nossa  Província  das  Filhas  do  Amor  Divino assumiu  a  Coordenação  do  Trabalho  Social  da  Arquidiocese de  Santa Maria,  o  Banco  da Esperança  e o  Projeto  Esperança/ Cooesperança. Foi  no  dia  06  de  março  de  1987,  às  18  horas,  no  Bispado  de  Santa  Maria,  quando  Dom  Ivo  Lorscheiter,  o  Profeta  e  Gigante  da  Esperança  e  agora  o  cidadão  do  céu,  nos  deu  uma especial  Bênção  do  Envio, para  esta  desafiadora Missão.

Fomos  escolhidas   em 3  Irmãs   da  Província  para  assumir  este  trabalho,  embora  nenhuma de  nós  nunca  havia  trabalhado  em  atividade   similar.  A bênção  de  Deus,  a  força  de  vontade  e  a  parceria com  a colegialidade  de  tantos  colaboradores,  fizeram  conosco  esta  história  acontecer.  Hoje, olhando para  trás, fazendo  desfilar  cada ano, cada mês,  cada  semana, cada dia, cada hora, cada minuto, cada  segundo  destes  27  anos,  vejo  o  quanto  foi  construído  para  a  inclusão social e cidadania junto com o  povo  mais  excluído. Muitos  sonhos  foram  realizados.    

Muitas  metas  foram  atingidas. Muitos Projetos foram  implantados. A  semente  lançada  em  terra  fértil  frutificou abundantemente. A Bênção, a  graça e a força  de  Deus  sempre  nos  acompanhou,  com  a ternura   da  Mãe  Medianeira  e  o incansável  apoio  de  milhares  de  pessoas,  Entidades  e  Organizações que  se  somaram a este  trabalho.

Em  nome  de  todos  aqueles  e  aquelas  que nos  ajudaram  construir  esta  linda  história  na  desafiadora  Missão,  agradeço  atenciosamente.

Irmã Lourdes Dill, FDC

Coordenadora do Projeto Esperança/Cooesperança”



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *