LUNETA ELETRÔNICA. PV concorre, Mª do Rosário, Sartori pré, marcha pela memória, ‘Depois de Lúcia’…

LUNETA ELETRÔNICA. PV concorre, Mª do Rosário, Sartori pré, marcha pela memória, ‘Depois de Lúcia’... - luneta-pv

Eduardo Jorge: descriminalizar a maconha e o aborto e o fim do Senado (foto Divulgação)

* Desde sábado há mais um nome confirmado à Presidência. Foi apresentado pelo Partido Verde, que já foi de Marina Silva, que também já foi do PT e hoje é do PSB.

* O nome dos verdes para o Planalto é o ex-deputado Eduardo Jorge, cuja pré-candidatura foi lançada em ato na Assembleia de São Paulo, apresentando inclusive o “Viver Bem”, documento com as diretrizes para o Plano de Governo.

* O texto tem tudo para ser polêmico, se confirmado na proposta do PV. Até o óbvio, como a necessidade de uma reforma política traz uma novidade: a extinção do Senado.

* Na área comportamental, no entanto, é que a coisa deve pegar, se, claro, os “verdes” levarem sua ideia adiante. O exemplo principal é a posição pela descriminalização do aborto e da maconha.

LUNETA ELETRÔNICA. PV concorre, Mª do Rosário, Sartori pré, marcha pela memória, ‘Depois de Lúcia’... - luneta-rosário

Maria do Rosário, que deixa ministério em abril, lançou Fernando Menezes à Assembleia

* Em sua passagem por Santa Maria no sábado, a ministra da Secretaria de Direitos, Maria do Rosário, aproveitou para um encontro com um grupo de apoiadores na cidade.

* Ela confirmou que deixa o cargo em abril para buscar a reeleição a deputada federal. Além de apostar em expressiva votação, desta vez sem os problemas que enfrentou com a Justiça Eleitoral em 2010, Maria do Rosário enfatizou a dobradinha com Fernando Menezes.

* O ex-secretário municipal no primeiro mandato de Valdeci, e que foi secretário também em São Leopoldo e, agora, em Parobé, Menezes concorre à Assembleia.

* Na dinâmica petista, as tendências internas não são exatamente geográficas, e lançam seus candidatos independente de cidade. No caso, Maria do Rosário e Fernando Menezes representam a corrente Movimento PT.

* Quem está, também, em frenética atividade pré-eleitoral é o recém confirmado peemedebista José Ivo Sartori, que concorre ao Palácio Piratini.

* Nesta segunda, a partir das 4 da tarde, o ex-prefeito caxiense participa de reunião do Diretório Estadual, com a presença dos 33 coordenadors regionais do PMDB, entre eles o santa-mariense Robson Zinn.

* O objetivo é começar o processo de interiorização das informações, no mesmo dia em que o PMDB (somado ao antigo MDB) completa 48 anos.

* Para lembra as atrocidades da ditadura military, o Comitê Santa-mariense pelo Direito à Memória e à verdade, está programando duas importantes atividades nos próximos dias, em convite público no FEICEBUQUI.

* No sábado, às 6 da tarde: “aula pública”. Em 1º de abril ocorre a Marcha pela Memória, Verdade e Justiça, com saída às 4 da tarde. Os dois eventos têm a Praça Saldanha Marinho como palco.

* A Prefeitura está divulgando o resultado da coleta de alimentos não perecíveis trocados por ingressos para o carnaval fora de época. E dá pra constatar que a população se doa, meeesmo.

* A arrecadação foi de cerca de uma tonelada de alimentos, encaminhada ao Gabinete da Primeira-Dama, Fátima Schirmer.

* Cerca de 200 quilos serão entregues ao Lar Vila das Flores, que no início do mês foi alvo de arrombamento e furto de mantimenteos. O restante será destinado a famílias carentes, previamente cadastradas junto ao gabinete.

* Abre nesta segunda, às 7 da noite, a grande exposição com obras de Carlos Vergara sobre São Miguel das Missões.

* O próprio artista estará presente, seugndo informa Márcio Flores, diretor do Museu de Arte de Santa Maria, onde ocorre a mostra que já percorreu várias cidades brasileiras.

LUNETA ELETRÔNICA. PV concorre, Mª do Rosário, Sartori pré, marcha pela memória, ‘Depois de Lúcia’... - luneta-cesma2* Encerra nesta segunda o Ciclo de Cinema Feminista, do Cineclube Lanterninha Aurélio, em parceria com o coletivo “Marcha das Vadias”.

* O filme em exibição será o longa metragem “Depois de Lúcia” (ao lado, uma cena do filme), produção Mexicana de 2013, dirigida por Michel Franco. A obra ganhou o prêmio “Un Certain Regard”, de Cannes e também foi o representante mexicano no Oscar 2013.

* A exibição, que será seguida de debate, começa às 6 da tarde no Auditório da Cesma (rua Professor Braga 55). A entrada é gratuita.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *