Câmara de VereadoresSanta MariaTragédia

NÃO CUSTA LEMBRAR. CPI ignora oposição. E daí?

Confira a seguir trecho da nota publicada na tarde de 15 de maio de 2013, quarta:

CPI DA KISS. Edis governistas ignoram oposição e divulgam datas e quem serão os novos depoentes

Enquanto não se sabe o destino do requerimento da oposição, que questionam a decisão da CPI da Kiss, cujos vereadores (todos do governo) recusaram o depoimento dos réus Elissandro Spohr, o Kiko, e Mauro Hoffmann, os integrantes da Comissão se reuniram (não se sabe quanto nem onde, porque isso não foi divulgado) e decidiram quando e quem irá depor.

Quer saber? Confira o material distribuído agora há pouco pela assessoria de imprensa da Câmara de Vereadores. Acompanhe:

CPI da Kiss divulga calendário das próximas oitivas

A Comissão Parlamentar de Inquérito instalada para investigar e apurar fatos e atos relacionados ao incêndio na boate Kiss, ocorrido em 27 de janeiro, divulgou o calendário das…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI                                                 

PASSADO EXATAMENTE UM ANO da publicação da nota, bueno, mas se a CPI foi feita pelo governo para dar em nada, qual a surpresa? O procedimento foi este ao longo da maior parte do tempo em que a comissão “funcionou”.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo