Estado

CHUVARADA. Há 19,5 mil gaúchos ainda fora de casa e pelo menos uma dúzia de estradas com problemas

Barra da Guarita, um dos locais bastante atingidos: Defesa Civil atende à população
Barra da Guarita, um dos locais bastante atingidos: Defesa Civil atende à população

Ibarama, no Vale do Rio Pardo, é uma das comunas mais atingidas pela chuvarada da semana passada. Muitas casas e prédios sofreram abalos e há centenas de pessoas precisando de auxílio. Lá não é o caso, talvez, mas outras cidades podem ter sua situação agravada, anuncia o Departamento de Recursos Hídricos do Estado – que prevê, além da volta da chuva, também o aumento do nível do Rio Uruguai, especialmente na Fronteira Oeste.

De todo modo, segundo os últimos relatórios oficiais disponíveis, há 19.606 pessoas fora de casa até aqui: 1725 desabrigadas e 17.881 desalojadas. Mais: são 78 municípios em situação de emergência, e dois deles, Barra da Guarita e Iraí, em situação de calamidade pública.

Mais: há uma dúzia de estradas com problemas. Três delas são federais e nove ESTADUAIS – inclusive a ligação de Santa Maria com Silveira Martins, onde há trânsito em meia pista no Km10, por conta do desmoronamento de um aterro.

Para saber mais de tudo isso, vale conferir o material produzido pela assessoria de imprensa do Palácio Piratini, e distribuída no meio da tarde deste sábado. A reportagem é de Sacha Rochele Núñez (também autora da foto) e Heloise Santi. A seguir:

Estado acompanha ações da Defesa Civil em Ibarama…

…A Defesa Civil do Rio Grande do Sul informou, no início da tarde deste sábado (5), que subiu para 19.606 o número de pessoas atingidas por enchentes e enxurradas no Estado. O relatório aponta 78 municípios em situação de emergência, onde 1.725 pessoas estão desabrigadas e 17.881 desalojadas.

Baseado na previsão do tempo para os próximos cinco dias e no relatório do Departamento de Recursos Hídricos do Estado, a Defesa Civil afirma que o nível do Rio Uruguai deve subir somente até este sábado na Fronteira Oeste. Em São Borja, segundo o documento, o nível do Rio Uruguai deverá baixar gradativamente a partir de hoje, enquanto em Itaqui e Uruguaiana, a redução do nível do rio deve iniciar no domingo, o que garante que, a partir da semana que vem, o rio retorne a seu padrão normal…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.

ATENÇÃO


1) Tua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo