EconomiaNegócios

VEÍCULOS. Venda de carros “0 Km” em SM cai 3% no primeiro semestre. Ainda assim, 2.899 emplacados

carros junhoAs perspectivas, para o segundo semestre, são animadoras. E não é impossível, acreditam concessionários do setor, que ocorra uma recuperação, em relação aos primeiros seis meses do ano. Contribui para isso, especialmente, a manutenção da política do governo de redução do IPI para a venda de carros novos.

No entanto, se comparado o desempenho de janeiro a junho deste ano, com igual período de 2013, constata-se uma redução de 3% na quantidade de “0 Km” emplacados em Santa Maria. Foram, então, 2.987 unidades, contra 2.899 agora.

carros acumuladoNão se percebem queixas, porém, no setor responsável por grande incremento de arrecadação do ICMS na comuna. Afinal, o mercado segue aquecido. No mês passado, por exemplo, foram nada menos que 468 carros novos (entre automóveis e comerciais leves) emplacados a partir da venda feita pelas empresas do ramo. No mês anterior foram 513 – ou 9% mais.

OBSERVAÇÃO: Nas imagens que ilustram essa nota você tem o desempenho do setor no acumulado do ano e no mês de junho de 2013. Os números totais e por marca. Os dados são do Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam)

ATENÇÃO


1) Tua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo