CampanhaEleições 2014Política

DEBATE. Em seis blocos, quando “esquentar” o eleitor já terá ido dormir sem saber a que vêm os candidatos

Ricardo Boechat mediará o encontro que terá sete parcipantes e acontecerá em seis blocos
Ricardo Boechat mediará o encontro que terá sete parcipantes e acontecerá em seis blocos

Qual a grande utilidade de um debate? Em princípio, no mundo ideal, permite ao eleitorado saber o que pensam (se ainda não sabe, e há casos notórios, inclusive nessa eleição, dessa possibilidade) e o que pretendem os candidatos. E, de outro lado, permite ao eleitor conhecer a diferença (se há) existente entre eles.

Agora, o que esperar de um confronto que começa às 10 da noite e, quando esquentar (se esquentar), o cidadão comum já terá ido dormir? O editor ousa responder: apenas fornecer munição para a militância de cada um dos lados, e são sete, no caso. E mais nada. Ou pouco mais que nada.

Bueno, isso não significa, claro, que o confronto marcado para hoje, na TV Bandeirantes, não seja importante. Tanto é que os principais concorrentes se preparam para ele, como mostra o material originalmente publicado no portal Congresso em Foco. A foto é de Reprodução. A seguir:

Presidenciáveis armam estratégias para o primeiro debate na TV

Os três principais candidatos à Presidência reservaram parte da segunda-feira (25) para preparar suas estratégias de atuação no primeiro debate entre os presidenciáveis, que será realizado às 22h desta terça-feira (26) nos estúdios da Rede Bandeirantes, em São Paulo.

A equipe de Dilma defende que a candidata se apresente como gestora e evite ataques diretos aos seus concorrentes, sobretudo, a ex-ministra Marina Silva, alçada à condição de candidata do PSB após a morte de Eduardo Campos no último dia 13. Marina aparece na segunda colocação na última pesquisa Datafolha, em empate técnico com o tucanoAécio Neves (PSDB) no primeiro turno e ligeiramente à frente de Dilma – embora empatadas tecnicamente – na simulação do segundo turno. Novo levantamento do Ibope deve ser divulgado esta noite pela TV Globo.

Segundo os jornais Folha de S. Paulo O Estado de S. Paulo, a petista só atacará Marina se for agredida primeiro. Candidata à reeleição, a presidenta passou parte do dia de ontem reunida com assessores no Palácio da Alvorada. Por ordem de sorteio, ela deve ser a primeira falar no debate.

Já Marina deve se apresentar como “herdeira” do legado de Eduardo Campos e alternativa concreta à polarização entre PT e PSDB. A nova candidata do PSB pretende utilizar os ex-presidentes Lula e Fernando Henrique Cardoso para rebater as críticas direcionadas a ela por seus adversários de que não tem experiência administrativa suficiente para governar o país.

Agora na condição de candidato menos conhecido entre os três principais concorrentes ao Planalto, após a morte de Eduardo, Aécio deve centrar fogo no governo Dilma. O tucano quer reforçar em seu discurso que tem mais preparo do que suas duas maiores oponentes para exercer a Presidência…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.

 

ATENÇÃO


1) Tua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Um Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo