Sem categoria

BARRACO DA ALEMOA. “Remember 2014” da Frida tem a revolução da ternura e o “samba do crioulo doido”

Barraco da Alemoa menorHay que endurecer, mas com ternura
Já nos primeiros meses de 2014, livres das tensões de 2013, quando o parlamento municipal foi ocupado em protesto contra a CPI da Kiss, inspirada no Papa Francisco (ou em Che Guevara?), a vereadora Sandra Rebelato (PP) era só doçura. Segundo um de seus discursos, é necessário “sermos soldados da revolução da ternura”.

Vem chegando o Carnaval…
E no início de 2014, uma das notícias bombásticas foi a de que o vereador João Carlos Maciel (PMDB) apoiaria a deputado federal, Paulo Pimenta (PT). Isso gerou até uma especulação de que na verdade a parceria dos dois políticos teria a ver com o carnaval. Eles estariam compondo uma marchinha carnavalesca: “O Samba do crioulo doido”.

Pergunta que não quer calar
E por falar em apoio de edis a parlamentares, João Carlos Maciel teria realmente apoiado à Assembleia Legislativa o nome de Fátima Schirmer?

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo