Santa MariaTragédia

KISS, 2 ANOS. E então as pétalas chegam do céu, para onde vão 242 balões e a lembrança dos jovens

No início nublado da noite desta terça, 27, pétalas de rosa cairam sobre a cidade, e...
No início nublado da noite desta terça, 27, pétalas de rosa cairam sobre a cidade, e…

Nesse momento, numa casa noturna, deve estar ocorrendo a festa (com recursos parcialmente destinados ao Lar das Vovozinhas) promovida em conjunto pela associação Ah Muleke e o Muzeo Pub. É um dos grupos que representa familiares de vítimas da Kiss, e que também promoveu uma “caminhada da paz”, no final da tarde.

E assim se encerram as atividades que lembram os 242 meninos e meninas mortos em decorrência da tragédia da Boate Kiss, há exatamente dois anos. Um dos atos mais emocionantes, e que aconteceu no início da noite, reuniu música, barulho, pétalas de rosa “caindo” do céu e a soltura de balões brancos.

Sobre este ato, especialmente, organizado pela Associação dos Familiares das Vítimas, vale conferir o material originalmente publicado pelo G1, o portal de notícias das Organizações Globo. O relato é assinado por Estevão Pires. Acompanhe:

Dia de homenagens a vítimas da Kiss tem ‘chuva’ de pétalas de rosas no RS

…depois, eram os balões, exatamente 242, que subiam: os jovens mortos não serão esquecidos
…depois, eram os balões, exatamente 242, que subiam: os jovens mortos não serão esquecidos

No dia em que a tragédia da boate Kiss completa dois anos, pétalas de rosas “caíram” do céu de Santa Maria, na Região Central do Rio Grande do Sul. O ato, organizado por familiares de vítimas, faz parte de uma série de homenagens iniciada ainda na véspera. O incêndio na casa noturna no dia 27 de janeiro de 2013 deixou 242 mortos e centenas de feridos.

A ideia de um helicóptero atirar flores surgiu de uma ativista da Associação dos Familiares de Vítimas e Sobreviventes da Tragédia de Santa Maria. “Coisas do coração. Imaginei que seria bonito. Procurei várias entidades e conseguimos”, diz a vendedora Angela Gemeli, 39 anos. Segundo a AVTSM, um empresário do setor não cobrou nada pelo serviço.

“A gente vê que, simbolicamente, as pétalas vieram do céu, porque é lá que eles estão, e são os olhos deles nos vendo”, diz a publicitária Aline Pivetta, 26 anos, que perdeu duas amigas na tragédia.

A associação convidou a população a vestir branco e pendurar fitas brancas nas janelas das casas e nos carros. O comércio também foi convidado a fechar mais cedo.

“Ter um filho, plantar uma árvore, e ler um livro é facil. Dificil é perder o filho, regar a árvore e ter que escrever a própria história”, disse o presidente da AVTSM em seu pronunciamento. Adherbal Ferreira perdeu uma filha na tragédia…”

As homenagens contaram ainda com música, sirene e momentos de oração. No ginásio do Colégio Franciscano Sant’Anna, a banda da Força Aérea Brasileira e o som do violino de Simone Vargas emocionaram os presentes. Em seguida, os 242 nomes das vítimas da tragédia foram chamados um a um, ao toque de bumbo e tarol. Os familiares e amigos participaram então de um breve ato ecumênico com oração e bênção e soltaram 242 balões brancos, encerrando o dia de homenagens…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo