CidadaniaPrefeituraSanta Maria

“SM DO BEM”. Prefeitura apresenta uma campanha para coibir o vandalismo e as pichações no município

Campanha foi apresentada nesta segunda pela Prefeitura, durante a reunião do GGI-M
Campanha foi apresentada nesta segunda pela Prefeitura, durante a reunião do GGI-M

Em parceria com os veículos de comunicação (reunidos em sua associação) e a agência de publicidade Publicitá, a prefeitura apresentou hoje, na reunião do Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGI-M), a campanha a ser lançada para mostrar aos cidadãos a diferença entre um ato criminoso, de vandalismo, e uma ação cultural positiva, como o grafite.

O slogan definido é “Santa Maria do Bem” e há também um vies, “Pixar a Cidade Não é Legal”, como mostra o relato da reunião do GGI-M, feito pela assessoria de imprensa da Prefeitura. A reportagem é de Vera Jacques (texto) e João Vilnei (foto). A seguir:

Santa Maria do Bem: prefeitura deflagra campanha para coibir vandalismo e pixações na cidade

“Cuide de sua cidade. Seja do Bem”, com este slogan foi apresentada, na manhã desta segunda-feira (19), o Movimento Santa Maria do Bem. O pré-projeto da campanha foi exibido durante reunião de trabalho do Colegiado do Gabinete de Gestão Integrada Municipal (CCI-M), na sede da Superintendência de Proteção Social, Cidadania e Direitos Humanos. A reunião contou com a presença do prefeito Cezar Schirmer, do coordenador do GGI-M, Luiz Eliton Cordenuzzi, do secretário-adjunto da Comunicação e Programação Institucional, Luiz Otávio Prates e demais autoridades civis e militares que fazem parte do colegiado.

A campanha, em um primeiro momento, é voltada ao problema das pixações, que prejudicam tanto as propriedades privadas quanto os prédios públicos da cidade. No entanto, o movimento tem um cunho educativo e cultural mais amplo, e também visa estimular a população de Santa Maria para uma mudança de atitude e reconceituação em temas como a limpeza urbana, a conscientização no trânsito e o cuidado com o meio ambiente. “Estamos trabalhando nesta campanha com o intuito de conscientizar a população com relação às questões do vandalismo. A intenção é que as pessoas se apropriem da cidade, sintam que a cidade é delas”, argumenta o prefeito Cezar Schirmer.

Durante a reunião desta segunda, o secretário-adjunto da Comunicação apresentou o pré-projeto da campanha, que é constituída de peças institucionais como um filme conceito, jingle, anúncio, adesivo, camisetas e banners. A idéia é lançar na mídia local no final de fevereiro, em parceria com a Associação dos Veículos de Comunicação de Santa Maria. “Apresentamos o conceito de uma campanha macro, não só voltada às pixações. Para dar um resultado positivo criamos o Movimento Santa Maria do Bem. Trabalhamos as cores vivas para mostrar que é uma campanha para cima”, explica Prates. O secretário-adjunto acrescenta que a iniciativa deve ter duração de no mínimo dois anos…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

4 Comentários

  1. Infelizmente o alcaide não tem chance de liderar mais nada. Ou, agora que é carnaval, quem sabe o cordão dos "bola murcha".Ou o "cordão dos puxa-saco" e por aí vai…

  2. Só falta criarem os "PICHADORES DO BEM" !!!! Vão parar de enrrolar, e botar ordem no galinheiro, policiamento presente nas ruas é o que falta !!! A guarda municipal tem que parar de passear de carro e realmente trabalhar.

  3. É uma campanha marketeira para dar a impressão de que a prefeitura não está inerte no quesito pichações. Dinheiro jogado fora. Vide Balada Segura, é uma campanha, mas também tem blitz.

  4. Me desculpem,mas é risível fazer campanha contra pixações. O que precisa é LEI rigorosa e cumprimento dela. Só.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo