AssembleiaCampoPolítica

ASSEMBLEIA. Líder do PSDB investe contra Dilma. Tema: emplacamento de tratores e máquinas agrícolas

O deputado estadual Jorge Pozzobom, líder da bancada tucana no parlamento gaúcho, se manifestou a respeito do veto da Presidente Dilma Rousseff a projeto que acabava com a exigência de emplacamento de tratores e máquinas agrícolas. O que ele disse você confere no material distribuído pela assessoria de imprensa da bancada do PSDB. O texto é de Luiz Gustavo Machado. A seguir:

Pozzobom critica exigência de Dilma quanto ao emplacamento de tratores e máquinas agrícolas

O líder da Bancada do PSDB na Assembleia Legislativa, deputado Jorge Pozzobom, lamentou o veto da presidente Dilma Rousseff a emenda feita à Lei 13.097, publicada no Diário Oficial da União, no último dia 10, que previa o fim da exigência do emplacamento de tratores e máquinas agrícolas. O parlamentar tucano adiantou que irá reforçar as articulações junto às entidades do meio rural e lideranças do Congresso Nacional para a derrubada do veto. 

Pozzobom lembrou, ainda, que tramita na Assembleia Projeto de Lei de sua autoria que isenta os produtores gaúchos do pagamento das taxas de registro e emplacamento. O deputado explicou que o Departamento de Trânsito do Rio Grande do Sul (Detran/RS) possui recursos para viabilizar a proposta. 

Segundo o deputado o Detran é superavitário, ou seja, arrecada mais recursos que precisa para financiar os serviços prestados à população. “Apresentamos um levantamento feito pela assessoria técnica do PSDB, junto ao sistema de gestão financeira da Secretaria Estadual da Fazenda, comprovando que em todos os anos a arrecadação foi maior do que o necessário”, enfatizou.

De acordo com Pozzobom, apenas em 2013 o departamento arrecadou R$ 623,7 milhões a mais do que precisava para custear seus serviços. “As taxas cobradas pelo Detran devem ser aplicadas exclusivamente na manutenção dos serviços. O excedente fica à disposição do departamento, podendo assim ser utilizado no financiamento do processo de emplacamento dos tratores e máquinas agrícolas”, concluiu.”

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

3 Comentários

  1. Emplacamento e cobrança de IPVA de maquinas agricolas é uma aberração total. Quem paga IPVA tem direito de utilizar livremente as rodovias. Já pensou em uma rodovia cheia de tratores, plantadeiras e colheitadeiras? Seria o caos.

  2. O deputado sempre tentando pegar uma onda para se promover. Esta mais para surfista. Qualquer hora a onda quebra, tipo a defesa dos proprietarios da Kiss….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo